sábado, 11 de agosto de 2012

Diamantino firmará o Protocolo Municipal do Fogo


Por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Diamantino, no dia 16 de agosto, às 16h, no plenário da Câmara Municipal haverá o Protocolo Municipal do Fogo que firmará a responsabilidade com a comunidade e setores da sociedade, num acordo de compromisso mútuo. No encontro também haverá palestra de como evitar incêndio urbano e rural com a Defesa Civil-MT. 

O Protocolo Municipal do Fogo é um instrumento público de acordo voluntário, firmado por representantes dos diversos setores da sociedade (Prefeitura, sindicatos, federação, associações, etc). Ele ganha corpo depois de negociação transparente, feita geralmente em reuniões abertas, através desse processo, os atores locais definem e assumem publicamente e voluntariamente alguns compromissos viáveis, que possam efetivamente contribuir para o controle e a limitação de queimadas. 

Os compromissos são definidos por cada um dos setores que participam do Protocolo. No final da época de queimadas será feita uma avaliação dos resultados. É um instrumento de acordo que não cria obrigações, mas consolida compromissos que devem ser cumpridos e reavaliados periodicamente, permitindo seu avanço e aprimoramento. 

Entre os compromissos que podem ser aceitos como válidos nesses protocolos, estão:

- Medidas de controle do fogo;
- Restrição ao uso do fogo em determinados períodos; 
- Técnicas de limpeza de pasto que evitem o uso do fogo; 
- Acordos para utilização do fogo de forma coletiva; 
- Busca de alternativas e tecnologias que não utilizem o fogo; 
- Difusão de informações sobre as consequências do uso indiscriminado do fogo. 

O trabalho será disseminado nas escolas, faculdades, associações de moradores e na área rural.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Mais de 300 famílias são beneficiadas com programas habitacionais em São José do Rio Claro

Ao longo da atual administração muitos projetos foram realizados para atender a população rioclarense, em diversas áreas recursos foram buscados e muitos investimentos foram feitos, sempre com o objetivo de proporcionar melhor qualidade de vida aos munícipes. Na área habitacional várias parcerias foram buscadas e através de programas como o Minha Casa Minha Vida e Meu Lar mais de 300 famílias foram contempladas com a casa própria. 

Entre estas famílias 145 terão suas casas no Residencial Santa Terezinha II e III que segundo a Secretária de Assistência e Promoção Social, Raquel Briante já estão em fase final de construção e tem previsão de entrega para o mês de setembro. Os beneficiários deste programa que tem parceria com o Governo Estadual participam mensalmente de reuniões de orientação social e cívica com o intuito de prepará-los para receber o beneficio. 

A Parceria entre Prefeitura e Governo Federal concedeu ao município outras 130 unidades habitacionais, divididas pelos bairros Bela Vista, Vila Progresso, Residencial Matrinxã e Residencial Buriti. Atendendo os critérios do fiador deste programa , as inscrições dos beneficiários já foram analisadas e o cadastro aprovado, devendo em breve começar as construções.

Em primeira mão também informamos que para os próximos meses mais 200 unidades estão previstas para serem liberadas para o município. Ao longo do ano as pessoas que necessitam de habitação podem procurar a Secretaria de Assistência e Promoção Social, munidos dos documentos pessoais para se inscreverem nos programas habitacionais, assim à medida que os convênios forem assinados os cadastros são selecionados obedecendo à ordem de inscrição e alguns outros quesitos como; portadores de necessidades especiais, idosos e números de filhos na família.

Fonte:  Ascom - Camila Moreira

Nova resolução aprovada pelo TSE obriga zonas eleitorais a redistribuir tempo dos candidatos

Na sexta-feira, 10 de agosto, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou os tribunais regionais eleitorais sobre a alteração na representatividade dos partidos políticos junto à bancada federal, motivo pelo qual as zonas eleitorais em todo o país, que já realizaram a distribuição do tempo entre os candidatos, terão que proceder à redistribuição.

A medida decorre de decisão em sessão administrativa realizada na quinta-feira (09/08) pelo TSE, que aprovou resolução que dispõe sobre a representação dos partidos na Câmara Federal. Essa representação é considerada no momento de calcular o tempo de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV para todos os candidatos. 

Os tribunais regionais terão que reiniciar o sistema que calcula o tempo dos candidatos, para todos os cargos; importar novamente do sistema do TSE os nomes dos partidos políticos; efetivar a seleção dos partidos participantes do pleito e, então, realizar a redistribuição. 

Em Mato Grosso, a distribuição do horário eleitoral já aconteceu em zonas eleitorais de Cuiabá e Várzea Grande, que terão que redistribuir o tempo de cada candidato, obedecendo à nova composição do Partido Social Democrático (PSD), conforme decisão proferida ontem pelo Pleno do TSE. A nova representação na Câmara Federal influencia diretamente nos cálculos de tempo de propaganda em rede e inserções. 

Veja abaixo a matéria publicada nesta sexta-feira (10/08) pelo TSE: 

TSE FIXA BANCADA DE DEPUTADOS FEDERAIS PARA CÁLCULO DO TEMPO DE PROPAGANDA 

Na sessão administrativa desta quinta-feira (9), o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou resolução que dispõe sobre a representação dos partidos que deve ser considerada para a distribuição do tempo de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão nas eleições municipais de 2012. A resolução do TSE serve de orientação aos juízes eleitorais na distribuição do horário de propaganda eleitoral no rádio e na TV entre os partidos e coligações. 

O horário de propaganda eleitoral começa no dia 21 de agosto. De acordo com a resolução, os juízes eleitorais deverão observar a representação de cada legenda, nos termos do anexo da resolução, para a distribuição dos dois terços do horário destinado à propaganda eleitoral gratuita de cada eleição entre os partidos e as coligações que tenham candidato. 

O anexo da resolução fixa as bancadas de deputados federais dos partidos, que servirão de parâmetro para que os juízes eleitorais calculem a repartição do tempo do horário gratuito no rádio e na TV. O TSE aprovou o texto com base na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que, ao julgar ações diretas de inconstitucionalidade, definiu como deve ser feita a distribuição dos dois terços do tempo reservado à propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. 

SOBRE O PSD 

O anexo da resolução fixa em 51 os deputados federais, titulares de mandato, que migraram para o Partido Social Democrático (PSD) na condição de fundadores, ou seja, no prazo de 30 dias após a criação da legenda. O partido teve o registro deferido pelo TSE no dia 27 de setembro de 2011. Em junho, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que, para efeito de distribuição do horário de propaganda eleitoral no rádio e na televisão, o PSD tem direito ao tempo correspondente ao dos deputados federais que migraram para a legenda, considerando os que foram efetivamente eleitos e que se transferiram do partido de origem diretamente ao PSD. 

LEGISLAÇÃO

De acordo com a Lei das Eleições (Lei 9.504/97), cabe aos juízes eleitorais distribuírem os horários reservados à propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão entre os partidos políticos e as coligações que tenham candidato. 

Devem dividir um terço do tempo igualitariamente e dois terços do tempo proporcionalmente ao número de representantes na Câmara dos Deputados de cada partido, considerado, no caso de coligação, o resultado da soma do número de representantes de todos os partidos políticos que a integrarem. Para isso, os juízes devem tomar como critério a representação de cada partido político na Câmara dos Deputados na eleição passada. 

Fonte: TRE-MT

Escolas suspendem educação física devido à baixa umidade do ar em MT

Estão sendo evitados exercícios físicos e trabalhos ao ar livre de10h e 16h.
A umidade relativa do ar chegou a ficar abaixo de 20% no estado

Com altas temperaturas ocasionadas pela massa de ar seco que está estacionada na região Centro- Oeste do estado e a baixa umidade do ar que alcança níveis críticos, em torno dos 20% nos próximos meses em Mato Grosso, muitas escolas já suspenderam as aulas de educação física ao ar livre. Algumas delas também oferecem melhores condições de climatização com a instalação de ventiladores e bebedouros próximos à quadras de áreas cobertas.


As medidas são recomendações da secretaria estadual de Saúde para que as escolas suspendam exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre as 10h e 16h, evitando aglomerações em ambientes fechados, quando a umidade relativa do ar alcançar os índice em torno de 12% a 20%. A secretaria de Educação de Mato Grosso alerta que as escolas estão autorizadas a substituir as atividades físicas devido ao calor, mas ainda não oficializou nenhum pedido de suspensão. 

A Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá, optou por substituir as aulas de educação física nas três quadras abertas e uma fechada para as salas de aula. Em outras ocasiões, as atividades físicas são substituídas por esportes que exigem menos esforço físico. ''Neste período os alunos jogam xadrez, dama, bozó, tênis de mesa e outras atividades. Apesar das atividades demandarem pouco esforço físico a orientação que damos é para os que os alunos bebam bastante água'', afirmou o professor de educação física Antônio de Castro. 

Segundo a professora de educação física de uma escola particular de Cuiabá, Paula Brunetto, a exposição dos alunos à intensas atividades físicas em condições climáticas de pouca umidade e muito calor diminui a resistência e pode causar mal estar aos estudantes. ''A umidade do ar estando baixa e eles fazendo atividade física com mais intensidade, pode ocasionar doenças respiratórias. Com as atividades de baixa intensidade, a criança não sofre nenhuma reação física'', afirmou a professora. 

Já na Escola Estadual Bela Vista, a alternativa adotada foi a substituição da prática de esportes pela pesquisa em temas esportivos no laboratório de informática. Apesar de o método não agradar muito aos estudantes, eles acabam sendo convencidos pelos benefícios das atividades. ''Na quadra é mais divertido, mas quando me acostumar a ficar na informática não vou querer mais ir para as quadras'', confessou a estudante Juliana Salazar, de 13 anos.

Fonte: G1 MT

Prefeitura de Rosário Oeste realiza licitação para construir a Academia da Saúde

A Prefeitura Municipal de Rosário Oeste, realizou nesta quinta-feira (09), o Processo Licitatório para contratar a empresa que irá construir a Academia da Saúde no Bairro Nossa Senhora Aparecida. 

Segundo a Pregoeira da Prefeitura, a Empresa Excelência Engenharia e Meio Ambiente LTDA ME, que foi a vencedora da tomada de preços, tem o prazo de 5 dias para estar assinando os contratos e depois deste prazo já poderá começar a construção. 

Somente duas empresas de apresentaram para participar do processo licitatório e a comissão de licitação acredita que a empresa vencedora deve começar logo as obras, aproveitando o período sem chuvas. A academia está prevista para ser construída bem ao lado do miniestádio do Bairro Nossa Senhora Aparecida no espaço que fica próximo ao PSF II. 

O empreendimento custará R$ 176.936,23 e tem a previsão de durar 120 dias para ser concluído. O dinheiro para a construção foi conseguido através de Projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde coordenado pelo jovem secretário Anderson Rodrigo, com apoio do gestor Prefeito Municipal Dr. Joemil José Balduíno de Araújo.

Fonte: Assessoria de Imprensa/PMRO

Contadora da Prefeitura de Rosário Oeste morre em acidente na BR 163/364

Acidente ocorreu na noite desta sexta-feira (10), na BR-364 (Foto: Manoel Netto/ MT Destaque)


Acidente ocorrido na noite de sexta-feira (10.08), por volta das 19 horas, acabou tirando a vida da contadora da Prefeitura de Rosário Oeste, Maria de Lourdes Tavares Fernandes e também de Jilvan Lisardo de Lima.

A contadora voltava de Rosário Oeste para o município de Nobres, com o seu esposo Gabriel Cintra Lira que conduzia o veículo Corola de cor preta, de placa JKT-8775. No acidente este veio a colidir lateralmente com o veículo Fiat de cor branca, placa NPL-6168, conduzido por Jilvan Lisardo de Lima que deslocava no sentido Rosário Oeste/Nobres.
 
O acidente ocorreu na BR 163/364 saída de Rosário Oeste em direção a Nobres, próximo ao bairro da Torre, no trecho em obras da duplicação da pista. A Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal foram acionadas e ao chegarem no local os policiais encontraram Maria de Lourdes já sem vida e  Jilvan agonizando. Jilvan foi encaminhado para o Hospital Amparo em Rosário Oeste, mas não resistiu os ferimentos e morreu.

O esposo da contadora também foi levado ao Hospital Amparo com fratura no braço direito, logo em seguida transferido para Cuiabá.

Maria de Lourdes havia passado em primeiro lugar no concurso público realizado pela Prefeitura de Rosário Oeste e havia tomado posse recentemente. Ela também comandava o Hospital Laura de Vicunha em Nobres.

No Hospital Amparo, na noite de sexta-feira, vários funcionários estavam presentes em busca de informações acerca do acidente. Estes expressavam a sua tristeza com a trágica perda da sua colega de trabalho.

Fonte: Bio Rosário - Manoel Netto

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Professores de Alto Paraguai procuraram a Promotoria em Diamantino para buscar apoio no reajuste salarial






Os profissionais da educação de Alto Paraguai estiveram na manhã desta sexta-feira (10.08) na Promotoria em Diamantino para saber o posicionamento do promotor Milton Pereira Merquiades quanto à luta em busca de melhores salários. A representante da categoria, Marcia Araújo Gomes disse que o Piso Nacional é de R$ 1.451,00, mas agora os professores que atualmente recebem R$ 670,00 reivindicam R$ 1.937,26, o piso defendido pelo sindicato. 

O promotor recebeu os profissionais da educação e garantiu que o procedimento da Promotoria está 95% concluído, faltando apenas um acordo com o prefeito, mas antecipou que o acordo somente será realizado depois da eleição, tendo em vista que não é possível conceder aumento salarial em período eleitoral. “Caso o prefeito não queira fazer acordo vou entrar com ação judicial”, garantiu o promotor. Durante a visita à Promotoria em Diamantino uma faixa mostrava o Piso Nacional e o Piso em Alto Paraguai, sendo: 

Piso Nacional 
2009 = R$ 950,00; 2010 = R$ 1024,00; 2011 = 1187,00; 2012 = 1451,00

Piso em Alto Paraguai
2009 = R$ 0,00; 2010 = R$ 630,00; 2011 = R$ 650,00; 2012 = R$ 670,00

>> Outras reclamações 

As escolas Pedro Duarte e Bela Vista estão passando por reformas e ainda não foram concluídas mesmo com o retorno das aulas, o que ocasionou paralisação por três dias. O município foi contemplado com 10 computadores do Pro-infância, mas segundo os professores corre o risco de perdê-los, pois a Prefeitura não conseguiu adequar o local para recebê-los. 

Para buscar uma solução para esses dois últimos problemas o promotor Milton Pereira Merquiades estará em Alto Paraguai na próxima semana para conversar com o prefeito Adair José Alves Moreira (PMDB) e representantes da área da Educação. 

Fonte: Redação – O Divisor

CNJ realiza encontro com magistrados de Mato Grosso

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realizará na sexta-feira da próxima semana (17 de agosto), em Mato Grosso, mais uma rodada de apresentações da Rede Nacional de Cooperação Judiciária. O objetivo é mostrar os benefícios de implantação da Rede, que prevê a criação de núcleos e comitês regionais estaduais. Os dois grupos já existem em Mato Grosso e no encontro vão apresentar os trabalhos que vem sendo realizado no Estado. 

A reunião será no Plenário 1 do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, a partir das 10 horas. A reunião, liderada pelo presidente da Comissão de Acesso à Justiça e Cidadania e presidente do Comitê Executivo da Rede Nacional do CNJ, conselheiro Ney Freitas, será aberta a todos os magistrados que atuam em Mato Grosso, seja na Justiça Estadual, Federal, do Trabalho, Militar ou Eleitoral. “Desejamos que os magistrados se engajem com entusiasmo, motivados pelas vantagens evidentes do sistema de cooperação”, disse Freitas. Os magistrados conhecerão detalhes do funcionamento da Rede, criada para auxiliá-los em atos processuais que dependem de mais de um magistrado. 

Em Mato Grosso, o Núcleo de Cooperação Judiciária já começou a colher os resultados dos primeiros trabalhos, com a intermediação de demandas de outros Estados relacionadas a processos na área de saúde. Cada Estado escolheu os magistrados nomeados pela portaria nº 40 de 10 de abril de 2012 da presidência do CNJ. Em Mato Grosso foram designados o juiz auxiliar da Corregedoria Lídio Modesto da Silva Filho, o juiz José Hortêncio Ribeiro Júnior do Tribunal Regional do Trabalho e o juiz Paulo Cezar Alves Sodré do Tribunal Regional Federal. 

Em Mato Grosso, os três magistrados também farão a ponte para a integração entre a Rede Nacional do CNJ e o Comitê Multi-Institucional criado no Estado em abril de 2011. O Comitê é formado por instituições e entidades do sistema judicial do Estado e tem como objetivo desenhar um novo modelo de estrutura que prevê a integração entre as organizações para melhorar a qualidade dos serviços prestados à sociedade. 

“A criação da Rede Nacional pelo CNJ nos mostra que estamos no caminho certo ao instituirmos no ano passado o Comitê Multi-Institucional, que é um dos cinco projetos que compõem um outro maior denominado Projeto de Integração do Sistema Judicial”, afirma o corregedor-geral da Justiça, desembargador Márcio Vidal, idealizador da iniciativa no Estado. 

Instituída pela Recomendação 38/2011 do CNJ, a Rede de Cooperação prevê três ações: instituição, pelos tribunais, de núcleos de cooperação judiciária, voltados à elaboração de estratégias de cooperação; designação de juízes de cooperação, que terão a função de intermediar as questões entre os diferentes magistrados e tribunais; e formalização de um comitê regional, integrando as ações dos tribunais de Justiça Estadual, Federal, do Trabalho, Militar e Eleitoral. A formação dos núcleos e designação dos juízes de cooperação compõem a Meta 4 do Judiciário para 2012.

Fonte: 24 Horas News

Área de soja deve aumentar em 800 mil hectares em MT

A safra 2012/13 de soja deverá ser recorde novamente em Mato Grosso. Segundo o terceiro levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) de estimativa de safra, a área plantada chegará a 7,89 milhões de hectares, um aumento de 11,6% em relação ao ano anterior, que foi de 7,07 milhões de hectares. A região que mais irá incrementar a área plantada com a oleaginosa será a Leste, conhecida como a nova fronteira agrícola do estado, e em seguida a região norte.

Fonte: Só Notícias/Agronotícias

Nova Mutum: colisão interrompe parcialmente tráfego na BR-163

Uma colisão entre um bitrem, placas de Rosário Oeste, e um VW Gol, placas de Erechin (RS), deixou interrompido parcialmente o tráfego da BR-163, na entrada no município Nova Mutum. O fato ocorreu, esta tarde. Ambos trafegavam sentido Cuiabá. A versão que está sendo apurada é de que a carreta diminuiu a velocidade e o Gol não teria tido tempo suficiente para parar e acabou colidindo na traseira. 

Com o choque, parte da carga de milho que estava sendo transportada pelo bitrem, acabou espalhada na pista. O Gol também teve danos consideráveis. No entanto, ninguém ficou ferido. Até a chegada da Polícia Rodoviária Federal, o tráfego foi controlado por populares que sinalizaram a pista e faziam rodízio para que as vias fluíssem.

Fonte: Só Noticias 

Recuperados R$ 213 mil com 5 ladrões de bancos mortos em tiroteio


Armas, munições e capuzes da quadrilha (foto: Luciano Rolim/Rádio Cidade)


O capitão da Polícia Militar, Mário Roberto Pereira, que coordenou as buscas a quadrilha suspeita de ter assaltado o Banco do Brasil em Campos de Júlio (600 km de Cuiabá), disse, ao Só Notícias, que R$ 213,1 mil foram recuperados. As notas foram apreendidas, ontem, após o confronto com cinco suspeitos, que morreram durante a troca de tiros com a polícia, quando foram surpreendidos em uma região de mata, às margens do rio Juína, a 15 quilômetros da BR-364, entre Campos e Comodoro.

Os corpos dos cinco foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Tangará da Serra. A PM informou que foram encontrados três documentos de identidades com os suspeitos. Todavia, elas ainda estão sendo checadas pela perícia, na hipótese de serem falsas e não necessariamente dos que faleceram no confronto. O capitão afirmou que todo o material apreendido foi encaminhado para a delegacia de Comodoro, que ficou responsável pelas investigações. 

"Tudo foi encaminhado ainda ontem. Também foram apreendidos mapas, anotações e telefones celulares com várias ligações. O setor de inteligência vai apurar se há participação de mais pessoas, quem daria apoio, enfim, já que este cinco são o que agiram efetivamente no assalto". Foram encontradas uma submetralhadora, um fuzil 556, e três espingardas calibre 12, duas pistolas chinesas 9 milímetros, um revólver calibre 38, muitas munições, além de quatro malotes de dinheiro Conforme Só Notícias já informou, o ataque ao banco foi na quarta-feira (1). 

De acordo com a PM de Campos de Júlio, o bando chegou em uma caminhonete S-10 branca, roubada de uma empresa no município de Sapezal. Fortemente armados, encapuzados e com coletes a prova de balas, eles invadiram a agência, obrigaram os homens a tirarem as camisas e formaram um cordão humano na porta do banco, que estava movimentada por ser dia de pagamento dos trabalhadores de uma usina no município. 

Enquanto parte do bando carregava os malotes, vários criminosos davam apoio e vigiavam a entrada da agência. Pelo menos dez tiros foram disparados nos cerca de 60 minutos em que a quadrilha permaneceu no banco. Na saída, fugiram em outras caminhonetes, estacionadas, uma delas do gerente do banco, levando seis reféns, sendo quatro servidores do banco. Todos foram liberados sem ferimentos.

Fonte: Só Noticias

Lincoln terá maior tempo durante horário eleitoral em Diamantino

A Justiça Eleitoral de Diamantino definiu, na quinta-feira (09.08), o tempo e sorteio de exibição de programas das coligações durante o horário eleitoral em rádio e televisão, que terá início no próximo dia 21. O candidato Juviano Lincoln (Lincoln, PSD), da coligação “Trabalhando por Diamantino” terá o maior espaço, com 11 minutos e quarenta e cinco segundos. 

O sorteio foi realizado durante reunião no Cartório Eleitoral, pelo juiz Luis Fernando Voto Kirche. A coligação "Diamantino, a hora é agora, vamos renovar", do candidato Darcy Capistrano (PDT) terá 8 minutos e sete segundos; a coligação “Diamantino para Todos” do candidato Milton Criveletto (DEM) terá 7 minutos e treze segundos e por último a coligação “É tempo de mudar”, do candidato Amarildo da Monteiro (Amarildo da Constard, PTN) com 2 minutos e cinquenta e três segundos. 

A veiculação dos programas será duas vezes ao dia, com duração de 30 minutos. De segunda a sábado, serão alternadas as propagandas de prefeitos e vereadores. No rádio, os programas serão das 7h às 7h30 e das 12h às 12h30. Já na TV, os horários fixados são das 13h às 13h30 e das 20h30 às 21h. 

Fonte: Redação – O Divisor

Prefeito de Rosário Oeste Joemil Araújo tem contas de governo aprovadas no TCE sem ressalvas

O Prefeito Municipal de Rosário Oeste JOEMIL ARAUJO teve suas CONTAS DE GOVERNO aprovadas pelo TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO, exercício 2011, nesta terça-feira (07).

O Processo nº 25461/2012, teve parecer favorável para aprovação, sem ressalvas. As CONTAS DE GESTÃO - exercício 2011 (Processo nº: 139254/2012) foram retiradas de julgamento, tendo em vista pedido de vista do Conselheiro Valter Albano.

Fonte:  Fernandes Silva / MT Destaque

1ª Corrida de Moto Cross é realizado em Rosário Oeste


Aconteceu no último fim de semana na Estância JADE em Rosário Oeste, o evento de Moto Cross com participação de pilotos de várias cidades como: Nova Mutum e Sinop.

O público marcou presença com muita animação na 1ª Corrida de Moto Cross de Rosário Oeste. Foi montada uma pista de alto nível e segundo os pilotos participantes é uma das melhores pistas de MT.

Houve também a participação de vários carros de som automotivo fazendo a total animação dos participantes. Com isso Rosário Oeste está incluído no roteiro estadual de Moto Cross.

Fonte: MTDestaque 

Confaz divulga tabela com novos preços de combustíveis em MT

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) publicou, hoje, no Diário Oficial da União, tabela com os novos preços médios de combustíveis que devem ser adotados como referência a partir de 16 de agosto. 

Em Mato Grosso houve o primeiro reajuste após meses sem mudança. O preço ponderado ao etanol é de R$ 1,92 o litro, enquanto, nos levantamentos anteriores, atingia R$ 2,28 o litro. Para os demais combustíveis não houve alterações, ficando R$ 3,01 o litro da gasolina comum, R$ 2,31 litro do diesel, R$ 3,78 o kg do GLP; R$ 3,05 o QAV (para avião) e R$ 1,84 o metro cúbico de GNV (Gás Natural Veicular) e GNI. 

Os valores servem de parâmetro para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) retido pela Petrobras no momento da venda dos combustíveis aos postos de gasolina. Mas, paralelamente, influenciam o preço aos consumidores. 

Além de Mato Grosso, sofreram reajustes os preços em Alagoas, Amapá, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

Fonte: Só Noticias

Queimadas provocam efeitos negativos no ecossistema, afirma diretor da Firenze Energética

A Firenze Energética, que opera a Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Santana I, do Grupo Interalli, em Nortelândia, está determinada e utilizar-se de ferramentas na área de comunicação objetivando conscientizar a população, principalmente os proprietários rurais a evitarem queimadas e não provocar prejuízos ao ecossistema. A preocupação foi externada pelo diretor executivo Fabricio Slaviero Fumagalli, durante reunião com a diretoria da empresa, em que pediu o empenho de todos os segmentos do grupo empresarial neste sentido, haja visto que as queimadas e os desmatamentos são mais frequentes nesta época do ano, e se tornaram um problema generalizado. 

De acordo com ele, as prefeituras de todas as unidades da federação informaram aos órgãos responsáveis a ocorrência deste tipo de agressão ao meio ambiente. “Os principais danos causados pelos desmatamentos e queimadas são a destruição da vegetação, de habitats, a morte de animais, a extinção local de espécies, a perda de matéria orgânica no solo e a sua exposição à erosão, causando um grande prejuízo ao ecossistema e a saúde das pessoas”. 

Outro fator apontado pelo diretor da Firenze Energética, é que as queimadas contribuem também para o efeito estufa com a liberação de grandes quantidades de gás carbônico para a atmosfera e são também a causa de poluição do ar mais frequentemente, causando desconforto e problemas de saúde nas pessoas, além de prejuízos materiais a proprietários rurais. Agricultores utilizam as queimadas, por que é considerado um sistema de baixo custo para limpar uma área, sob a responsabilidade de grandes e pequenos agricultores, mas como os pequenas rurais em maior quantidade, acaba recaindo sobre eles a maior parcela de culpa pelo alto número de focos de incêndio detectados neste período do ano. 

Muitos se utilizam desta técnica para controlar as pragas, limpar áreas para plantio, renovar pastagens e facilitar na colheita da cana-de-açúcar, entre outros benefícios, porém sem se dar conta de que acabam prejudicando a biodiversidade, a dinâmica dos ecossistemas, aumentando a erosão do solo, afetando a qualidade do ar, prejudicando a saúde das pessoas, principalmente das crianças. “Precisamos ter consciência que além destes prejuízos, as queimadas acarretam danos ao patrimônio público e privado, degradando o solo, alterando características físicas, químicas e biológicas de todo o ecossistema” afirmou Fabricio Slaviero Fumagalli. 

De acordo com o dirigente, a queimada provoca o empobrecimento do solo, que é causado pela eliminação dos microorganismos essenciais para a fertilização através da queimada, alterando os nutrientes, como o cálcio, enxofre e potássio, deixando ainda o solo desprotegido uma vez que árvores, arbustos e outros tipos de vegetação são destruídos. Outros fatores que devem ser considerados é que o solo sofre muito em consequência da queimada, como no ciclo hidrológico, em que ocorre a precipitação (chuva) como consequência da evaporação das águas dos oceanos. 

Parte dessa água é captada pela vegetação e a outra é absorvida pelo solo, onde tem destino ao lençol freático, mas a queimada deixa o solo ressecado impedindo este processo de infiltração. E em relação ao ciclo do carbono, a queimada libera gases contendo o elemento carbono, em especial CO2 (gás carbônico) e CH4 (metano), gases que são bloqueadores de calor e seu acúmulo na atmosfera transforma o balanço de energia do planeta e aumenta a temperatura média da superfície, causando o chamado efeito estufa.

Fonte: Spartacus Assessoria

Caldo de Piranha

Secretário ou organizador de rodeio?

Segundo informações o secretário municipal de Saúde de Alto Paraguai foi para o município para organizar o rodeio, mas o festejo foi cancelado, a solução encontrada foi direcioná-lo para Secretaria Municipal de Saúde. Será esse o motivo das reclamações de maus tratos com os funcionários? Alguém tem que avisá-lo que servidor não é gado.

Cidinho toma posse no Senado Federal

Tomou posse nesta quinta-feira (9) o senador José Aparecido dos Santos, o Cidinho Santos (PR-MT). Suplente de Blairo Maggi, ele ocupará até dezembro a cadeira do titular, que se licenciou por 130 dias para tratamento de saúde e interesses particulares. Em seu primeiro pronunciamento, o senador prometeu defender o setor produtivo, desde o pequeno produtor até os grandes agricultores.

- Considero todos importantes para o crescimento do nosso país, sem esquecer também da agroindústria, que faz parte do elo dessa corrente – afirmou. Cidinho Santos lembrou a contribuição do estado de Mato Grosso para a economia brasileira. Segundo o senador, o estado foi responsável, no primeiro semestre do ano, por um superávit de US$ 6,45 bilhões, o equivalente a mais de R$ 13 bilhões. Para ele, o valor deve ser levado em conta na distribuição dos recursos federais. 

- Os investimentos a serem feitos em um estado não devem considerar a quantidade de eleitores, mas as riquezas que produz e o quanto contribui para o desenvolvimento do país – defendeu. O parlamentar também agradeceu aos familiares e amigos; ao falecido senador Jonas Pinheiro (1941-2008), que afirmou ser seu padrinho na política; e a Blairo Maggi, de quem ressaltou os feitos no governo de Mato Grosso.

Senador Filho de retirantes nordestinos, o novo senador nasceu no Paraná e mora em Mato Grosso desde a década de 1980. No estado, foi prefeito do município de Marilândia foi por três mandatos, o primeiro deles iniciado quando tinha 23 anos. Cidinho Santos também presidiu a Associação Mato-grossense dos Municípios. 

Fonte: Agência Senado

Três candidatos a vereadores estão impedidos de disputar a eleição em Nortelândia


Dos 37 candidatos das coligações “Nortelândia Cada Vez Melhor” e “Nortelândia com Respeito” nas eleições proporcionais deste ano em Nortelândia, apenas três tiveram o registro negado pela Justiça Eleitoral e estão impedidos de disputar as eleições. 

Os candidatos com registro indeferidos pela Juíza Augusta Prutchansky Martins Gomes, titular da 17ª Zona Eleitoral, negou o registros de três postulantes a uma das nove vagas da Câmara Municipal pela coligação formada pelos partidos PRB / PDT / PTB / PR / PPS / PSB / PV / PSDB, denominada Nortelândia Com Respeito de Gervásio Quinteiro e Nando Falcão, que são Deusimar Alves Faria Gauto, Jussilene Vasconcelos Portela e Reinaldo da Silva Damasceno. 

Deusimar Alves Faria Gauto, de acordo com a magistrada não está filiada ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), que é uma das condições de elegibilidade exigidas pela Legislação Eleitoral, que são verificadas no momento do registro da candidatura. A candidata teve sua filiação, declarada nula por sentença, nos autos do processo FP n.°58-54.2011.6.11.0017, o que no entendimento da juíza, o pedido deve ser indeferido. A candidata alegou que a filiação foi lançada erroneamente como sendo 07/10/2001, quando na verdade foi no dia 07/10/2011, apresentando inclusive a ficha de inscrição. 

Augusta Prutchansky declarou que não foram preenchidas todas as condições legais para o deferimento do registro pleiteado, e indeferiu o seu pedido para disputar as eleições proporcionais. Jussilene Vasconcelos Portela deixou de apresentar os documentos exigidos pela legislação em vigor, como o comprovante de escolaridade, nem a certidão cível da Justiça Federal de 1° grau, bem como que a mesma não está filiada ao PSB. Reinaldo Damasceno, também não estaria filiado a partido politico e, portanto impossibilitado de concorrer nas eleições proporcionais de 2012. A coligação agora terá um prazo para substituir os candidatos a vereadores.

Fonte: Edivaldo de Sá
Repórter News

Justiça libera candidatura de João Vicente a sucessão municipal em Arenápolis

A Juíza Augusta Prutchansky Martins Gomes, titular da 17ª Zona Eleitoral de Arenápolis deferiu o pedido de registro da candidatura do médico João Vicente Lara de Pinto (PV), a sucessão municipal pela coligação “Nova Era, Nova Arenápolis Somos Todos Nóis), que além do Partido Verde (PV) ainda é composta pelo Partido Progressista (PP), que indicou o vereador Toninho Serralheiro como vice. 

O Ministério Público havia ingressado com uma Ação de Impugnação ao Registro da Candidatura, em decorrência da não comprovação de sua desincompatibilização, porém, não foi aceito pela magistrada, que decidiu pelo deferimento. Augusta Martins Gomes observou que o candidato é servidor público do município Nova Mutum, fato este que não exige desincompatibilização, vez que é candidato a prefeito em município diverso daquele em que exerce a função pública e que a princípio, o servidor público municipal candidato em município diverso, não precisa se desincompatibilizar para o pleito municipal em outra cidade.  

Ainda de acordo com ela, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) firmou entendimento que o funcionário de outro município que não aquele no qual se candidata, não sendo por qualquer outro motivo inelegível, não está sujeito à desincompatibilização. Necessidade, contudo de compatibilidade de horários e proximidade entre os municípios a permitir o efetivo exercício das duas funções públicas. 

Ainda que necessária fosse sua desincompatibilização, a impugnação não mereceria prosperar, vez que o candidato havia juntado aos autos inicialmente cópia de seu requerimento para concorrer ao pleito eleitoral, sendo que, após notificado, juntara cópia da portaria n. 249/2012, datada de 02/07/2012, que lhe concede licença do cargo que ocupa para concorrer a cargo eletivo, documento este inconteste a respeito da sua desincompatibilização, afirmou a juíza eleitoral. 

Ao final ela entendeu desnecessária a desincompatibilização de João Vicente Borges de Lara Pinto, para concorrer ao cargo de prefeito no município de Arenápolis e julgou improcedente o pedido contido na Ação de Impugnação e, por consequência, deferiu seu pedido de registro de candidatura para concorrer ao cargo de prefeito, sob o número 43, com a opção de nome Drº João Vicente.

Fonte: Edivaldo de Sá
Arenápolis News

Justiça Eleitoral indefere registros de cincos candidatos a vereador em Arenápolis


A Justiça Eleitoral da 17ª Zona de Arenápolis indeferiu cinco pedidos de registro de candidaturas às eleições proporcionais do município. A decisão é da Juíza Augusta Prutchansky Martins Gomes. Tiveram seus registros negados os candidatos Alaíde Rodrigues dos Santos, Lucélia Pereira Gomes, Nivaldo Antônio dos Santos e Edilson Pires dos Santos do PMDB, da coligação Arenápolis Mais Forte (PMDB/PR), Aquiles Francisco Neponoceno (DEM), da coligação Legislando com Justiça Social (PT / PTB / DEM). 

Alaíde Rodrigues dos Santos, não preencheu todas as condições legais para o deferimento do registro pleiteado, vez que após intimada, não apresentou o comprovante de escolaridade, e teve seu registro indeferido.

Aquiles Francisco Neponoceno, também não apresentou o comprovante de escolaridade, embora tenha juntado declaração de próprio punho, porém argumentou que uma resolução do TRE/MT de n.°1079/2012 dispõe que dentre os documentos exigíveis para instrução dos pedidos de registro é necessário o comprovante de escolaridade, cuja ausência poderá ser suprida por declaração de próprio punho do candidato, assim ela entendeu suprida a exigência do comprovante de escolaridade. 

No entanto, Aquiles Francisco possui multa eleitoral, que constitui óbice à obtenção de certidão de quitação eleitoral e, por consequência, de registro de candidatura. Ele teria deixado de comparecer às urnas nas eleições de 31/10/2010, tampouco prestou justificativa, fato que ocasionou a aplicação da multa prevista no §1º do artigo 7º do Código Eleitoral. 

Apenas posteriormente a data de apresentação de seu requerimento de registro de candidatura é que referida multa foi paga, contrariando o disposto no art. 27, § 4°, I, da Resolução TSE n.° 23.373, o que pesou na sua decisão pelo indeferimento do registro de candidatura. Lucélia Pereira Gomes, Nivaldo Antônio dos Santos e Edilson Pires dos Santos, não estão quites com Justiça Eleitoral, o que levou o Ministério Público Eleitoral (MP) a pedir ingressão com Ação de Impugnação dos seus Registros. 

A existência de multa constitui óbice à obtenção de certidão de quitação eleitoral e, por consequência, de registro de candidatura, motivo pelo qual a Juíza Eleitoral indeferiu o registro das candidaturas dos mesmos.

Fonte: Edivaldo de Sá
Arenápolis News

Servidor diz que foi humilhado por secretário de Saúde em Alto Paraguai

Silvio Araújo Carvalho disse que o secretário de Saúde de Alto Paraguai o chamou de vagabundo

Mais uma polêmica marca a história de Alto Paraguai, desta vez o servidor municipal e presidente do Sindicato dos Servidores Público Municipal de Alto Paraguai (Sispumap) Silvio Araújo Carvalho, o Binho, 51 anos,  afirmou que foi humilhado pelo secretário Municipal de Saúde, conhecido pelo nome de Jaime.

Silvio narrou que procurou o secretário para reclamar em nome do sindicato da forma grosseira que ele tratava os servidores, momento que, segundo ele, Jaime começou ofendê-lo com palavras de baixo calão.

“Ele (secretário) disse que o sindicato é de merda, é uma bosta”, contou. Ainda segundo o presidente do Sispumap no outro dia o secretário o encontrou no Pronto Atendimento e perguntou onde estava a ambulância, quando Silvio respondeu que ela estava ao seu lado o secretário o ofendeu novamente. “Você tem que estar dentro dela, não quero saber de vagabundo aqui fora”.

Humilhado, o servidor que trabalha há 26 anos na Prefeitura, lotado na Secretaria Municipal de Saúde, procurou o prefeito Adair José Alves Moreira (PMDB) que abriu processo administrativo para solucionar o caso.

De acordo com Silvio, a reclamação do abuso de poder já é frequente em uma semana frente ao cargo, sempre com palavras de baixo calão. “Dizem que ele é engenheiro civil, mas ninguém sabe nada direito, a placa do carro dele é do Pará, ninguém o conhece na cidade”, desabafou.

> Outro lado

O prefeito foi procurado e disse que está ouvindo os servidores da Secretaria Municipal de Saúde. Segundo o gestor municipal o desentendimento ocorreu pelas mudanças adotadas pelo novo secretário que faz com que o motorista fique de plantão no Pronto Atendimento e não mais em casa aguardando ser chamado via celular. “Toda mudança tem choque”, justificou.

Indagado de quem estava errado, o prefeito antecipou dizendo que numa briga todos estão errados.

Adair José garantiu que o secretário escolhido por ele tem vasta experiência na área da saúde. Questionado quanto ao nome do secretário que é conhecido somente por Jaime, o prefeito sorriu e saiu admitindo também não saber. “Só sei que é Jaime”, respondeu.

O secretário foi procurado pela Redação do Jornal O Divisor, mas não foi encontrado.

Fonte: Redação – O Divisor

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Secretaria de Esportes de Diamantino divulga programação de preparação para disputa XXXI JOREM'S

A Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Turismo, através do seu Departamento de Esportes, comunica a todos que neste sábado (11/08) haverá amistosos entre Diamantino e Alto Paraguai na categoria estudantil (até 17 anos). Esses jogos servem de preparação das equipes para a disputa do XXXI JOREM'S - Jogos Regionais Estudantis, que será realizado de 01 a 06/09 em Tangará da Serra. 

Segue programação:

SÁBADO (11/08) - GINÁSIO MUNICIPAL 

14h - Diamantino x Alto Paraguai - Handebol Masculino 
14h50 - Diamantino x Alto Paraguai - Futsal Masculino 

QUADRA LUCIANO LAMP - BAIRRO DA PONTE 

15h30 - Diamantino x Alto Paraguai - Voleibol Feminino

Fonte: Assessoria de Imprensa

Secretário de Saúde destrata sindicalista e chegam às vias de fato


Uma briga envolvendo o novo secretário de Saúde de Alto Paraguai, conhecido apenas como Jaime, e o presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura Municipal de Alto Paraguai Silvio Araujo de Carvalho, agitou os bastidores da prefeitura. De acordo com Silvio, vários funcionários estão reclamando sobre o modo que estão sendo tratados pelo novo secretário.

“É com falta de educação, palavrões e até querendo que funcionários trabalhem em setor que não faz parte da Secretaria de Saúde”, explica. Silvio conta que na última quarta-feira (08.08), foi falar com o secretário em nome do Sindicato, mas foi recebido com palavras de baixo calão, chamando órgão de ‘sindicato de m’ e, segundo o presidente do sindicato, Jaime pediu que se retirasse do gabinete aos berros: ‘Cai fora da minha sala. 

O representante do sindicato conta, ainda, que na manhã desta quinta-feira (09.08), enquanto estava de plantão no Pronto Atendimento, o secretário se dirigiu com rispidez a ele. “Onde está a ambulância, você tem que ficar dentro da ambulância! Eu não quero vagabundo aqui!”, segundo Silvio, essas foram as palavras utilizadas pelo secretário. Irritados, os dois quase chegaram às vias de fato. O caso chegou até o prefeito, Adair Moreira, que está apurando o caso, ouvindo todos os envolvidos. “Estou analisando o caso, ouvindo todos os envolvidos e, em breve, uma decisão será tomada”, explicou. 

Outro ponto intrigante, segundo Silvio, é que de acordo com informações o novo secretário é do Pará, não tem formação na área da saúde, é engenheiro civil e ninguém conhece e sabe quem é o secretário. Questionado sobre isso, Adair diz que o mesmo tem uma grande experiência na área, pois já gerenciou um hospital no estado do Pará. 

O prefeito disse que até nesta sexta-feira (10.08), terá uma decisão concreta do caso. O mesmo condenou a briga. “Numa briga não tem ninguém certo, os dois estão errados”. A equipe do jornal ‘O Divisor’ e da ‘TV Diamante’ tentou localizar o novo secretário de Saúde, porém não o localizou para expor sua versão dos fatos.

Fonte: Jornal O Divisor

Três tem registros indeferidos pela Justiça Eleitoral em Santo Afonso



A Justiça Eleitoral da 17ª Zona de Arenápolis indeferiu três pedidos de registro de candidaturas às eleições proporcionais do município de Santo Afonso. A decisão é da Juíza Augusta Prutchansky Martins Gomes.

Kátia Regina Alves da Silva ( PSB) da Coligação Pra Santo Afonso Continuar Avançando (PP/PTB/PSB/PSD), teve o registro indeferido por conta de uma Ação de Impugnação ao Registro de Candidatura proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), em decorrência da não comprovação de sua desincompatibilização dentro do prazo legal e da ausência de filiação partidária na base de dados do Cadastro Eleitoral.

Aberto prazo para defesa, a candidata apresentou documento demonstrando o afastamento, juntando cópia da Portaria n.° 109/2012 que concede licença para atividade política à Kátia Regina Alves da Silva, técnica de enfermagem, pelo prazo de 90 dias contados a partir de 07/07/2012, o que levou a magistrada a se convencer do afastamento no prazo de 3 meses antes do pleito. 

Em relação à filiação partidária, a juíza eleitoral entendeu que ela não está filiada a partido político e não conseguiu demonstrar sua filiação partidária, não sendo preenchidas todas as condições legais para o deferimento do registro pleiteado, julgando improcedente o registro de candidatura. Wanderley Leal de Souza (PR) da Coligação Unidos por Santo Afonso ( PT/PMDB/PR/PV e PSDB) teve contra si Ação de Impugnação ao Registro de Candidatura proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) em decorrência da não comprovação de sua desincompatibilização no prazo legal.

De acordo com o MPE o prazo para a desincompatibilização do servidor público que possui competência para lançamento/fiscalização de tributos para o cargo de vereador é de seis meses, e que o mesmo comprovou ter desrespeitado as normas legais para o caso, já que se desvinculou da função dia 05/07/2012, quando deveria ter se desvinculado no máximo até o dia 06/04/2012. 

A Comissão Provisória do Partido Progressista (PP) também ingressou com Ação de Impugnação ao Registro de candidatura em face de Vanderlei Leal de Souza, sob o mesmo fundamento. Devidamente notificado, o candidato apresentou contestação juntando documentos e argumentando que o requerimento protocolizado em 02/04/2012 junto a Chefe de Divisão de Recursos Humanos é o documento hábil para demonstrar a desincompatibilização dentro do prazo legal exigido pela LC n.°64/90. 

A juíza eleitoral Augusta Martins Gomes, analisou que a ação manejada pelo Partido Progressista (PP) não possui legitimidade, visto que este coligou com os partidos PTB, PSB e PSD, formando a Coligação “Para Santo Afonso Continuar Avançando”, deste modo, como o partido coligado não tem legitimidade para, sozinho, ajuizar impugnação ao registro de candidatura, nos termos do art. 6°, §4°, da Lei n° 9.504/97, deixou de conhecer a ação partidária. 

No entanto, a Juíza Eleitoral, decidiu não acolher as alegações da defesa do candidato, em razão de que dentre os documentos juntados, não foi apresentado o ato oficial, como por exemplo, uma portaria, concedendo o afastamento, conduta realizada em relação aos demais servidores municipais, que tiveram de se desincompatibilizar, porém, em consulta ao Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso, de 09 de julho de 2012, verificou-se que por meio da Portaria n.° 106/2012, foi concedida licença a Vanderlei Leal de Souza, Gestor de Tributos, de 07/07/2012 a 07/10/2012. 

Assim, o impugnado, por ocupar cargo relativo à arrecadação/fiscalização de tributos, deveria ter se desincompatibilizado seis meses antes do pleito (Ac. no Respe 29.817, de 21/10/2008), fato que não ocorreu. Diante disso, não foram preenchidas todas as condições legais para o deferimento do registro pleiteado, entendimento resultou no julgamento pela procedência do pedido ministerial, indeferindo o pedido de registro de candidatura de Vanderlei Leal de Souza, para concorrer ao cargo de vereador. Ele pode recorrer da decisão e concorrer ao pleito. 

Outro que teve o pedido indeferido com recurso é o candidato a vereador Joenil de Pinho Paulino da coligação Unidos por Santo Afonso, que terá o prazo de três dias para recorrer da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Joenil de Pinho Paulino não está quite com a Justiça Eleitoral, e a existência de multa constitui óbice à obtenção de certidão de quitação eleitoral e, por consequência, de registro de candidatura. 

Ele deixou de comparecer às urnas nas eleições de 27/10/2002, tampouco prestou justificativa, fato que ocasionou a aplicação da multa prevista no §1º do artigo 7º do Código Eleitoral. Apenas posteriormente a data de apresentação de seu requerimento de registro de candidatura é que referida multa foi paga, contrariando o disposto no art. 27, § 4°, I, da Resolução TSE 23.373.

Fonte:  Edivaldo de Sá
Arenápolis News

ROSÁRIO PREVI teve crescimento de 299,16 % durante a Gestão de Dr. Joemil Araújo

A Gestão do Rosário Previ durante o governo do Prefeito Joemil Araújo confirma de forma insofismável a maneira honesta, séria e responsável nas aplicações do erário público, demonstrando respeito à lei e acima de tudo compromisso com o futuro dos funcionários públicos municipais. 

O Tribunal de Contas do estado de Mato Grosso deu parecer favorável e aprovou todas as contas do Rosário Previ da Gestão do Prefeito Dr. Joemil Araújo e o resumo do extrato bancário da conta do Rosário Previ demostra claramente a gestão séria e honrada do Prefeito. 

Veja abaixo SALDO: 

Dezembro de 2008: R$ 2.818.497,32 
Agosto de 2012: R$ 8.431.824,57 

Se fizermos os cálculos vamos perceber que durante a gestão de Dr. Joemil Araújo houve um crescimento de 299,16 % correspondente a um total de R$ 5.613.327,25 de depósito efetuado por este governo nos recursos do Rosário Previ, e isto demonstra o grau de seriedade e de compromisso do governo com centenas de homens e mulheres e suas famílias que trabalham dia após dia defendendo o interesse da municipalidade, e consequentemente com esta gestão de sucesso do fundo da previdência da Prefeitura, o governo garante com segurança o futuro dos funcionários da Prefeitura Municipal de Rosário Oeste. 

Fonte: Assessoria de Imprensa/ PMRO

8 tem registro indeferidos pela Justiça Eleitoral em Nova Marilândia

A Justiça Eleitoral da 17ª Zona de Arenápolis indeferiu oito pedidos de registro de candidaturas às eleições proporcionais do município de Nova Marilândia. A decisão é da Juíza Augusta Prutchansky Martins Gomes.  

José Soares de Araújo (PR), Keila Cristina dos Santos (PP), Lindinalva Maria dos Santos (DEM), Maria Francisca de Souza Pego (PR), Quitéria Joana de Almeida (PMDB), Silvio Cesár de Souza (PSD), Sueni Fatima de Souza Souto (PMDB), Valdeci de Souza Almeida (PR) e Vanessa Diamantino dos Santos (PSD) tiveram os registros negados pela Justiça Eleitoral e não poderão disputar as eleições. Keila Cristina dos Santos, Vanessa Diamantino dos Santos, Valdeci de Souza Almeida, Sueni de Fátima Souto, Quitéria Joana de Almeida, Maria Francisca de Souza Pego, Lindinalva Maria dos Santos Sales não apresentaram o comprovante de escolaridade, nem a certidão negativa cível e criminal da Justiça Estadual de 1° grau (art. 27, II e IV, Resolução TSE n° 23.373). 

José Soares de Araújo teve contra si Ação de Impugnação ao Registro de Candidatura proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), objetivando o indeferimento do registro em decorrência de inelegibilidade. O MPE alega que resta impossível o deferimento do registro de candidatura do impugnado, tendo em vista que ele se enquadra na hipótese prevista no art. 1º, I, g, da Lei Complementar n. 64/90, com redação dada pela Lei Complementar n. 135/2010, já que teve suas contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), sendo que a decisão final da Corte de Contas, proferida após a análise do recurso interposto, foi realizada em 2007, de modo que está inelegível, já que ainda não transcorreu o período de 8 (oito) anos. 

A Juíza Eleitoral julgou procedente o pedido contido na Ação de Impugnação ao registro de candidatura, reconhecendo a inelegibilidade do candidato e, por consequência, indeferiu o pedido de registro de candidatura de José Soares de Araújo, para concorrer ao cargo de vereador.

Fonte: Edivaldo de Sá
Arenápolis News

Justiça eleitoral em MT deve gastar até R$ 25 mil para votação em aldeia

Mais de oito mil índios estão aptos a votar nas eleições municipais em Mato Grosso, de acordo com estatísticas do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), e a votação por aldeia chega a custar até R$ 25 mil. Isso por conta de diversos locais de difícil acesso que se faz necessário montar uma força-tarefa no transporte para conseguir chegar nas regiões. São 8.268 indígenas que deverão comparecer às urnas em outubro. 

O secretário de Administração e Orçamento do TRE-MT, Nilson Fernando Gomes, disse em entrevista ao G1 que os indígenas estão distribuídos em 19 municípios mato-grossenses. Segundo Gomes, é necessário o uso de aeronaves, barcos e caminhonetes para chegar a esses locais, sendo que nove municípios são considerados os mais precários em acesso. Para se chegar nessas aldeias é necessário alugar um helicóptero e um avião bimotor, fazendo com que o valor gasto em todo o aparato do transporte fique entre R$ 10 mil e R$25 mil, conforme a Justiça Eleitoral. 

“São nove lugares de dificílimo acesso e, por isso, temos que alugar as aeronaves ou requisitar de outros órgãos públicos. E essa dificuldade recai na logística e o transporte é o maior gasto nas eleições”, ressaltou. Na lista de aldeias está a da comunidade de São Lourenço, em Aripuanã, localizada a 976 km de Cuiabá, a qual a urna é levada de helicóptero para a aldeia Mehinako. Lá são 49 índios que deverão comparecer ao local de votação, cujo voto chega a custar pouco mais de mil reais, como prevê o Tribunal Eleitoral, ao passo que o voto fora das aldeias custa R$ 4,60 por eleitor.

O Tribunal deve gastar R$ 53,6 mil com o transporte de helicóptero até a região de Aripuanã. O avião bimotor percorre as aldeias Metuktirê e Capoto, no Parque Nacional do Xingu. Na região de São Félix do Araguaia e São José do Xingu está a aldeia Diauarum. Em Peixoto de Azevedo e Matupá o avião percorre a aldeia Capoto, que fica próxima à região onde caiu o avião da Gol, em 2006. O bimotor também levas as urnas a Juína, Santo Antônio de Leverger, Paranatinga e Gaúcha do Norte.

Fonte: G1 MT

Cinco ladrões de banco morrem em confronto com PMs em MT, diz capitão

Assaltantes roubaram agência na quarta-feira (8) no interior do estado.
Segundo a PM, criminosos atiraram contra policiais que faziam as buscas.


Moradores da cidade foram usados como reféns pelos assaltantes do banco na cidade de Campos de Júlio (Foto: Divan de Souza/Arquivo pessoal)
Os cinco suspeitos de assaltar uma agência bancária na cidade de Campos de Júlio, a 692 km de Cuiabá, morreram nesta quinta-feira (9) em confronto com policiais militares. A informação foi confirmada ao G1 pelo comandante da PM de Comodoro, capitão Mario Roberto Pereira, que coordenou a operação. Segundo o capitão Mario Pereira, os assaltantes estavam escondidos em uma fazenda localizada às margens do Rio Juína, em uma região rural próxima a Campos de Júlio. 

Os policiais fizeram o cerco aos bandidos, mas, segundo o capitão, eles começaram a efetuar disparos. Os policiais revidaram e os assaltantes foram feridos. Os suspeitos chegaram a ser socorridos e levados para o Hospital Municipal de Campos de Júlio, mas não resistiram aos feridos e acabaram morrendo nesta tarde. O capitão informou ainda que com os criminosos foram apreendidos fuzis e até uma submetralhadora, além de todo o dinheiro roubado da agência bancária. Mario Pereira afirmou ao G1que a polícia ainda não contabilizou quanto dinheiro foi levado do banco. 

Conforme ele, a quadrilha era formado apenas por cinco pessoas, que morreram no confronto com os policiais. O grupo roubou o banco de Campos de Júlio na manhã desta quarta-feira (8). Os ladrões estavam fortemente armados, encapuzados e vestidos com roupas camufladas. Os suspeitos roubaram o banco no estilo Novo Cangaço, modalidade criminosa que consiste em aterrorizar cidades do interior do Brasil. Na ação, eles pegaram moradores como reféns e efetuaram vários disparos de arma de fogo de grosso calibre.

Fonte: G1 MT

Detento morre de ataque cardíaco durante perseguição policial ápos fuga de delegacia

O detento Júlio César Ferreira Rodrigues, de 21 anos, morreu vítima de um ataque cardíaco durante uma perseguição policial na última quarta-feira (8), na cidade de Nova Xavantina, na região do Vale do Araguaia. Ele empreendia fuga depois de escapar de uma das celas da Delegacia Municipal. 

Júlio César tinha sido preso na noite de terça-feira (7), acusado de amedrontar o casal Mardoqueibi Martins de Oliveira, de 31 anos, e Gabriela Radin, de 27. Na manhã do dia seguinte (quarta), quando seria ouvido pelo delegado municipal, Júlio rendeu um agente policial com agressões e empreendeu fuga pelas ruas da cidade. Policiais foram mobilizados para tentar recapturá-lo e durante a perseguição o acusado parou para descansar e, repentinamente, começou a passar mal.

Os agentes perceberam que Júlio César não passava bem e quando tentaram prestar socorro a ele, encaminhando-o ao hospital municipal, mas ele sofreu uma parada cardíaca e morreu. De acordo com a Polícia Civil, Júlio César, além de responder pelo crime contra o casal, vinha sendo investigado por envolvimento em assaltos a mão armada e furtos nos estados de Mato Grosso. Outra pessoa, cuja identidade não foi fornecida pela polícia, também foi presa durante a abordagem ao casal. (Com informações de NoticiasNX.com.br 

Por: Francis Amorim
Fonte: Olhar Direto

AMM aponta profundas desigualdades econômicas e sociais em Mato Grosso

A renda e a qualidade de vida da maioria da população mato-grossense não acompanham os índices de crescimento de Mato Grosso, considerado uma grande força do agronegócio, o maior centro pecuarista do país e responsável por 30% do superávit da balança comercial brasileira. Estudo realizado pela Associação Mato-grossense dos Municípios fundamenta essa constatação, apontando que Mato Grosso é indiscutivelmente rico, mas a maioria da população ainda é pobre. 

Esse contrassenso fica claro quando se constata que 75% dos municípios mato-grossenses possuem PIB per capita abaixo da média nacional, que é de R$ 16.900,00. Em Alto Paraguai, por exemplo, localizado na região Médio Norte, o PIB per capita limita-se a R$ 7.826,39 equivalente à média de países africanos. Nessa mesma localidade, 65% da população sobrevivem com até dois salários mínimos, com grande parcela das pessoas vivendo na faixa de pobreza e extrema pobreza. Situação semelhante também se verifica em outras regiões, como em Campinápolis, na região Araguaia, onde o PIB per capita restringe-se a R$ 7.967,07.

Com 52% da sua economia baseada em serviços, 68% das famílias têm renda familiar até dois salários mínimos. Na outra ponta, destacam-se municípios produtores, como Campos de Julio, que detém um PIB per capita de R$ 119.560,10, equivalente `a média de Luxemburgo, situado na Europa ocidental, e que possui a maior média do mundo. 

O levantamento, intitulado Indicadores das Desigualdades Sócioeconômicas de Mato Grosso, demonstra as principais características da economia dos municípios, como a composição do Produto Interno Bruto por setores, assim como a estratificação da renda das famílias, que em muitos casos dependem de medidas assistenciais do poder público, como o Bolsa Família. 

O estudo aponta um aumento no número do benefício no estado nos últimos anos. Na região do Alto do Teles Pires, por exemplo, que reúne 13 cidades, houve um acréscimo na concessão do Bolsa Família, de 5.489 em 2007 para 9.952, em 2011. Na região Norte Araguaia, que concentra sete municípios, a evolução foi de 4.459, em 2007 para 6.394, em 2011. 

O presidente da AMM, Meraldo Figueiredo Sá, destaca que um dos objetivos da instituição é despertar o debate sobre as desigualdades existentes em Mato Grosso. “É preciso que a sociedade e o poder público estejam atentos para essa realidade perversa, muitas vezes mascarada por meio de estatísticas oficiais”, salientou. Meraldo destaca que os municípios que têm na agricultura em grande escala o principal sustentáculo da sua economia, possuem melhores indicadores sociais e mais condições de investir em setores básicos, como saúde e educação. 

Esses dois segmentos, que integram o Índice de Desenvolvimento Social – IDS, servem como parâmetros exemplificativos das desigualdades que se verificam no estado. Enquanto há grandes municípios produtores de grãos que mantêm ar condicionado nas escolas da rede pública, na outra ponta, os menos favorecidos, têm dificuldade de manter as condições mínimas de funcionamento das unidades escolares. Essa diferenciação também se verifica na área de saúde, onde há cidades que têm condições de entregar remédios na casa do paciente do sistema público, enquanto em outros há déficit de medicamentos. 

O superintendente da AMM, Mauricio Munhoz, enfatiza que o estudo acaba com o mito de que Mato Grosso é rico e afasta a falsa impressão de que essa riqueza reflete nas condições de vida da população. “Mato Grosso concentra muita riqueza, contribui com 30% do superávit da balança comercial brasileira, mas a maior parte da população ainda é muito pobre, além disso, os indicadores de saúde e educação do estado são ruins e nossas estradas são péssimas, vitimando muitas pessoas todos os dias”, assinalou. 

Munhoz lembra que apesar de 75% dos municípios possuírem PIB per capita abaixo da média nacional, a média do PIB per capita do Estado, que é de R$ 19.400, está acima da média nacional, e isso gera muitas distorções. Um dos principais efeitos dessa interpretação equivocada dos números foi verificado recentemente, quando o governo federal adotou esse indicador como critério para complementar o orçamento dos municípios que não conseguiriam honrar o pagamento do piso salarial dos professores da educação básica, reajustado para R$ 1.451,00. 

Em 2011 a AMM realizou uma grande mobilização com a presença de prefeitos e secretários municipais de Educação, com o objetivo de discutir alternativas que promovam a inclusão dos municípios na lei de compensação do governo federal que vai auxiliar financeiramente o pagamento do piso salarial do magistério. Apenas os estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí, que representam 1.756 municípios, têm direito à complementação ao Fundeb e ao piso, os demais estão excluídos. 

A carência dos municípios também pode ser constatada por meio dos tipos de economia, classificadas em exauridas, dinâmicas, crescentes e moderadas, de acordo com metodologia própria adotada pela AMM. Dos 141 municípios, 102 possuem economia exaurida e moderada, que têm em comum o PIB per capita abaixo da média estadual. 

Com o objetivo de oferecer alternativas para os municípios, a AMM tem elaborado diversos projetos de desenvolvimento econômico regional, como o polo de confecções, para o Médio Norte, o programa de turismo e agricultura familiar, para a Baixada Cuiabana, e os projetos de pequenos frigoríficos, para todas as regiões de Mato Grosso. 

Fonte: Agência de Notícias da AMM

Confirmado show com Ricco e Léo no 13° Festival de Pesca “O Matrinxã do Brasil” em São José do Rio Claro


O 13° Festival de Pesca “O Matrinxã do Brasil” acontecerá dos dias 24 a 26 deste mês em São José do Rio Claro. O evento que já é tradição na região terá animação das bandas Chama e Sandokan todas as noites e para os amantes da pescaria durante a programação do evento também acontecerá o 9° campeonato de pesca.

Em visita ao município de São José o Deputado Estadual, Mauro Savi (PR) presenteou a comissão organizadora do evento com o show da dupla Ricco e Léo, que é natural de Barra do Garças – MT e trazem a música sertaneja correndo nas veias. Os fãs dos cantores sertanejos aguardam ansiosos, o show que acontecerá no sábado dia 25/08.

“Já estávamos ansiosos para o Festival que a cada ano nos surpreende em termos de animação e novidades, mas com a presença do Ricco e Léo com certeza a noite será muito mais animada” afirma Camila Rozza, moradora do bairro Centro em São José. O esperado é que mais de 20 mil pessoas passem por São José durante os dias de festa (24,25 e 26) e para que tudo saia perfeito, a Prefeitura Municipal preparou um completo local para camping com praça de alimentação, praia, sons, passeios de barcos, apresentações culturais, e outras atrações, além de posto policial, posto da marinha, corpo de bombeiros e atendimentos médicos e primeiro socorros.

Para você que não reservou seu lote ainda dá tempo, procure o setor de Tributos da Prefeitura Municipal de São José ou ligue 3386-1222 ou 9665-3656. As inscrições para o Campeonato de Pesca estão sendo feitas pelos telefones 3386-1931 ou 9962-8881 e as premiações são 01 barco com motor 15hp (1°lugar), 01 motor 15hp (2° lugar),01 barco (3° lugar) e 01 motor elétrico (4° lugar).

Fonte: Camila Moreira - Assessoria de Imprensa