sábado, 29 de setembro de 2012

Após 10 anos, Arcanjo ainda não tem data para ir a júri por morte de Sávio

Cinco foram denunciados pelo crime em Cuiabá e quatro já condenados. João Arcanjo Ribeiro cumpre pena por outros crimes em presídio federal.



Completa 10 anos que o empresário Domingos Sávio Brandão de Lima Junior foi assassinado a tiros em frente à sede de seu jornal em Cuiabá, e até o momento o caso está sem desfecho final de julgamento. O acusado de ser o mandante do assassinato é João Arcanjo Ribeiro, que tem conseguido adiar a decisão da Justiça de enfrentar o júri popular pelo crime. No entanto, a possibilidade de que o julgamento ainda ocorra este ano ou até no início de 2013 não está descartada. Isso pelo fato dos autos do processo, que compõem 26 volumes, já terem sido remetidos no último mês do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para o Tribunal de Justiça de Mato Grosso. O envio do processo ocorreu após decisão que partiu da ministra do STJ, Laurita Vaz, que em 2011 determinou o julgamento imediato de Arcanjo suspendendo ainda a autorização de recurso de defesa.

Foi às 15h15 do dia 30 de setembro de 2002 que dois homens em uma moto pararam próximo ao empresário Sávio Brandão, que estava acompanhado de um amigo em frente à sede do jornal Folha do Estado. Um deles, na garupa, sacou uma pistola e disparou os tiros à queima roupa. A polícia aponta que a execução do empresário ocorreu devido às reportagens veiculadas no jornal de Sávio Brandão sobre negócios fraudulentos, irregularidades e jogatina ilegal que envolvia o bicheiro João Arcanjo Ribeiro.

O inquérito que apurou o caso concluiu que a morte de Sávio foi executada em etapas e envolveu pelo menos cinco pessoas: João Arcanjo Ribeiro, Hércules Araújo Agostinho, Célio Alves, João Leite e Fernando Barbosa. Ainda segundo a investigação, João Leite teria contratado o ex-policial militar Célio Alves que, por sua vez, chamou o ex-cabo Hércules e Fernando Belo para cometer o crime. Os autos do processo apontam que os dois últimos estavam na moto que se aproximou de Sávio no momento do assassinato e que Hércules foi o autor dos disparos. O ex-cabo em depoimento confessou a autoria do crime.

Aviãozinho

As investigações também apontaram que Célio e Hércules vigiavam constantemente os passos do empresário. Um ponto de observação foi montado próximo a uma garagem de uma das empresas de Sávio. De lá, os suspeitos monitoravam os passos da vítima. O detalhe é que em um desses momentos um aviãozinho de papel foi feito por Hércules e deixado caído no chão. Peritos encontraram o papel e o laudo técnico revelou haver impressões digitais do ex-cabo da PM, o que comprovaria envolvimento dele no crime.

Hércules e Célio foram presos e, dois meses depois do crime, foi decretada a prisão de João Arcanjo Ribeiro. Em seguida, foi decretada a prisão de Fernando Belo Barbosa, preso na Itália, pela Interpol, no dia 7 de outubro de 2003 e extraditado para Mato Grosso. Em 2004, o ex-segurança João Leite foi preso em Mato Grosso do Sul. Todos, com exceção de Arcanjo, já foram julgados e condenados pelo crime.

Júri popular
A primeira sentença de pronúncia determinando que Arcanjo sentasse no banco dos réus foi proferida pela Justiça em dezembro de 2006, mas a defesa tem conseguido protelar a decisão por meio de inesgotáveis recursos, que somam mais de 20 até hoje. O advogado Zaid Arbid, que defende João Arcanjo Ribeiro, mas ele não foi encontrado para comentar o caso.

Com a decisão do STJ em remeter os autos ao Tribunal de Justiça, o julgamento de Arcanjo deve ter uma data para acontecer. “Agora os autos da ação devem ser encaminhados para a 1ª Vara Criminal de Cuiabá e, imediatamente, deverá ser agendado o julgamento. Não há mais motivos para protelar o júri”, avaliou o titular da 1ª Promotoria de Justiça Criminal do Ministério Público Estadual, promotor João Augusto Veras Gadelha. A assessoria de imprensa do TJMT informou que o processo será remetido para o Fórum da capital somente após os recursos interpostos pela defesa no STJ e no Supremo serem transitados em julgado.

Para Gadelha, a morosidade que se tem no caso se dá pela quantidade e seguidos recursos que a defesa insiste em impetrar na tentativa de barrar o julgamento e que, em muitos casos, segundo ele, não há procedência alguma. O promotor ressalta que os recursos acabam encontrando legalidade nas brechas que a lei oferece.

Atrás das grades
João Arcanjo Ribeiro foi preso em 2003 em Montevidéu, no Uruguai, depois que foi deflagrada em Mato Grosso a operação Arca de Noé, para desarticular o crime organizado no estado. Ele foi extraditado para o Brasil por determinação do juiz Julier Sebastião da Silva e atualmente está preso na penitenciária federal de Campo Grande (MS). Arcanjo cumpre pena pelos crimes de sonegação fiscal, formação de quadrilha, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e crimes contra o sistema financeiro.

Célio Alves e Hércules Agostinho cumprem pena na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá. Célio foi condenado a 17 anos de prisão pelo crime e, Hércules, a 18 anos. João Leite foi condenado a 16 anos de prisão pelo homicídio. Fernando Belo, também foi condenado pela morte de Sávio Brandão, mas conseguiu na Justiça a liberdade condicional. Fora da prisão, Fernando Belo acabou assassinado a tiros em 2010, no bairro Doutor Fábio, em Cuiabá.

Fonte: G1 MT

Mato-grossense disputa hoje título de Miss Brasil

A representante da beleza brasileira será escolhida, hoje à noite, em Fortaleza (CE) e, nesta edição, a mato-grossense na disputa é a estudante de engenharia civil Letícia Hauch, 19 anos, de Cuiabá.

Ela e mais 26 candidatas desfilarão em cinco trajes: típico, casual, biquíni, maiô e gala, com o qual a ganhadora será coroada. Onze pessoas formarão o júri desta edição. O processo de escolha será da seguinte maneira: as 27 candidatas entram na disputa.

Os jurados escolherão nove candidatas que avançam para fase seguinte. A décima será apontada pelo público através de votação pela internet. Em seguida, o mesmo júri escolhe sete semifinalistas. Destas, duas serão eliminadas. As outras cinco passarão por uma prova que analisa simpatia, inteligência e oratória. Cada uma terá que responder a uma pergunta sorteada na hora e, a partir daí, as posições serão anunciadas em ordem decrescente para a coroação da grande vencedora.

O concurso será transmitido por uma emissora de tv a partir das 22h15 (horário de Brasília) e terá apresentação da cantora Gaby Amarantos. A eleita receberá a coroa da atual Miss Brasil, Priscila Machado, e levará para casa um carro novo. Ela representará o país no concurso Miss Universo, que será realizado em dezembro, em Las Vegas, Estados Unidos.

A angolana Leila Lopes, eleita ano passado no concurso realizado no Brasil, passará a faixa. A vice colocada viajará para Cancun, no Méximo, com tudo pago e, a terceira colocada ganhará uma viagem para o Nordeste brasileiro. Letícia foi eleita Miss Mato Grosso em junho, no concurso promovido em Sinop. Conforme Só Notícias informou, Mato Grosso conquistou, por duas vezes, o título de mais bela. Em 1985, Marcia Gabrielle, representante de Barão do Melgaço, foi eleita e, em 2000, foi a vez de Josiane Kruliskoski, de Sinop.

Fonte: Só Notícias

Caminhão tomba após ser atingido por carro no Trevo do Bambu


Um caminhão tombou, na manhã deste sábado (29/09), no trevo da Rodovia Roberto Campos (MT-240) com Avenida Miguel Abib, após ser atingido na lateral por um carro. Os dois veículos seguiam no sentido Novo Diamantino – Diamantino. 

O motorista do caminhão Hyundai HR, placa EDV 1827, de Uberlândia (MG), Jailson Pereira, disse que estava indo fazer uma entrega numa loja de material de construção, na dúvida para qual lado iria, ele encostou para fazer o retorno e pedir informações para operários que trabalham na iluminação da serra, quando o Gol, placa NJI 5308, de Diamantino, atingiu a traseira do veículo. 

A Polícia Militar foi chamada no local para fazer o boletim de ocorrência. A motorista do Gol preferiu não dar entrevistas. Daqui a pouco mais informações baseadas no BO. Ninguém ficou ferido.





Texto: Redação / O Divisor
Foto: Dan Leite / O Divisor

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Grupos pagavam caro por pousada em terra indígena

Estrangeiros e empresários eram os clientes de pousada interditada pelo Ibama

Empresários e estrangeiros - principalmente americanos- estão entre os clientes da Pousada Rio Cururu, localizada dentro da Terra Indígena Kayabi. O empreendimento, que funcionava de forma irregular, foi fechando pelo Ibama, na quinta-feira (20) passada.

Grupos seletos, de até oito pessoas, pagam a quantia de R$ 58 mil, para desfrutarem de cinco dias de pesca esportiva, nas águas cristalinas no Rio Cururu.

A pousada está localizada entre os municípios de Paranaíta e Apiacás, no Extremo Norte de Mato Grosso, e Jacareacanga (PA), dentro da Terra Indígena Kayabi.

Documentos encontrados na pousada, por agentes do Ibama, revelam que o local estava com as reservas esgotadas até janeiro de 2013.

No site da pousada (www.pousadariocururu.com.br), que foi retirado do ar, estavam postadas centenas de fotos, mostrando grupos formados por empresários conhecidos no cenário nacional.

Também havia fotos de turistas americanos, que se mostravam surpresos com a beleza dos peixes exóticos, e também com a quantidade de exemplares.

Para facilitar o acesso dos turistas estrangeiros, o site era desenvolvido em inglês e português.

Por meio de assessoria, o Ibama informou que a interdição da Pousada Cururu serve de exemplo para os demais empreendimentos que estão funcionando de forma irregular, em Mato Grosso.

Os amantes da pesca esportiva também devem ficar atentos aos locais que escolhem para a prática. Durante a operação do Ibama, um grupo de oito turistas de Minas Gerais foi multado em R$ 5 mil, cada um.

Na galeria de fotos da pousada, também era possível ver imagens de turistas pescando em plena piracema.

Segundo a Sema (Secretaria Estadual de Meio Ambiente), o período de defeso da piracema começou no dia 1º de novembro, nos rios da Bacia Hidrográfica do Araguaia, e 5 de novembro de 2011, nos rios das Bacias Hidrográficas do Amazonas e do Paraguai e terminou no dia 28 de fevereiro de 2012.

Nesse período, a pesca foi proibida em todos os rios de Mato Grosso, inclusive, na modalidade "pesque e solte".

A ação do Ibama faz parte da Operação Soberania Nacional, que visa ao combate do desmatamento ilegal nos estados do Pará e Mato Grosso.

Documentação duvidosa

Durante a operação do Ibama, o gerente da pousada, Alex Porto, apresentou um alvará de funcionamento, expedido na cidade de Jacareacanga (PA). E também dizia ter um documento da Funai, que autorizaria o empreendimento.

O coordenador da Funai em exercício, Henrique Camargo, em entrevista, ressaltou que o turismo em terras indígenas é ilegal, e que não existe nenhum alvará que permite esse tipo de atividade.

“O turismo em terras indígenas não está regulamentado. Não existe esta possibilidade. A Funai não expede 'autorizações' dessa natureza. E, se os tais empreendedores a possuem, trata-se de embuste”, disse o coordenador.

Território disputado
O coordenador da Funai também informou que a questão envolve diversos interesses, e que a Funai, diferentemente do Ibama, não possui poderes para fechar a pousada.

Um dos impasses é o fato da TI Kauabi ainda não estar homologada. O território está na última fase do processo demarcatório, que deve ser concluído em dezembro.

“Se nós, servidores da Funai, tivéssemos ido até lá e fechado a pousada, não poderíamos apreender nada, nem prender ninguém, nem inutilizar nada. E ainda poderíamos ser acionados pela Justiça. Já órgãos como o Ibama, amparados pela Lei ambiental, têm maior discricionariedade para agir”, explicou Camargo.

Acordo com os índios

Tanto a Funai quanto o Ibama admitem que existe um acordo firmado entre os índios kayabis e os proprietários da pousada. O acordo permitiria o uso do Rio Cururu, que é todo localizado em território indígena, para a prática da pesca.

A Funai admite que os índios vivem em situação de vulnerabilidade, que seria um dos fatos motivadores dos acordos.

“Os kayabis ocupam uma ínfima porção do território que lhes pertenceu imemorialmente, mesmo após o aumento previsto, que destinará 1 milhão de hectares a esse nobre povo”, disse o coordenador da Funai.

Já o Ibama explicou que, no o termo de acordo firmado com os índios, fica claro que os proprietários tinham consciência a pousada está localizada em terra indígena.

Em troca da pesca nas águas do Rio Cururu, os índios receberiam uma “espécie de aluguel”, um repasse de cerca de R$ 4 mil mensais.

O acordo deixa claro que os índios autorizaram apenas a pescar e soltar os peixes no rio, e não desmatar, poluir e construir na floresta deles.

Área desmatada
Ibama mostram que, além da pesca esportiva, os proprietários da pousada estavam desmatando a área.

Segundo um levantamento do Instituto, pelo menos 13 hectares de Floresta Amazônica foram desmatados.

No local foram encontrados motosserras, máquinas, além dos troncos das árvores, que estavam espalhados no local e serviriam para construir novos chalés.

No site, a pousada também dizia que uma das preocupações com empreendimento era evitar impactos ao meio ambiente. “Todos os materiais utilizados na pousada, como madeiras e coberturas, são legalizados e seguem padrões ecologicamente corretos de preservação”, diz um dos trechos.

A pousada pertence ao empresário Marcos Moser, residente na cidade de Alta Floresta (a 803 km de Cuiabá) e conta com 12 funcionários e um gerente.

Fonte: MidiaNews

Jovens são detidos com 24 quilos de maconha escondidos em mala em MT

Três suspeitos foram presos e um menor de idade apreendido em Cáceres. Policiais encontraram droga escondida na casa de um dos suspeitos.
A Polícia Militar da cidade de Cáceres, a 220 quilômetros de Cuiabá, apreendeu cerca de 24 quilos de maconha escondidos em uma mala na casa de um suspeito. Três homens foram detidos e um adolescente apreendido por suspeita de tráfico de drogas.

As prisões aconteceram nesta quinta-feira (27) no bairro Vila Irene, em Cáceres, após uma abordagem feita por policiais a três suspeitos que estavam em duas bicicletas. Durante uma revista, os policiais encontraram uma pequena quantidade de droga na cintura de um deles, embaixo da palmilha do tênis do adolescente e também na bicicleta.

Na presença de policiais militares, os suspeito informaram que um outro jovem de 18 anos, morador do bairro Jardim Cidade Nova, foi quem forneceu a maconha e que provavelmente teria mais entorpecente em poder dele.

Após realizarem diligências na residência do suposto fornecedor, os policiais encontraram 27 tabletes de substância semelhante a maconha, pesando aproximadamente 24 quilos, que estravam escondidos em uma mala de viagem dentro de uma caixa de papelão. O suspeito, ainda segundo a polícia, alegou à polícia que a droga pertencia a uma outra pessoa. Todos os suspeitos, juntamente com a droga, foram encaminhados ao Centro Integrado de Segurança e Cidadania do município.

Fonte: G1 MT

Estudo indica que soja produzida em MT tem alto teor de proteína e óleo

Pesquisa realizada na safra 2011/12 indicou que a soja produzida em Mato Grosso possui alto teor de proteína e de óleo. Segundo estudo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), coordenado pelo Núcleo de Tecnologia em Armazenagem, as amostras colhidas em diferentes regiões produtoras apresentaram teor de proteína de aproximadamente 38% e de óleo de 21%.

Fonte: Só Notícias

Nortão: buscas por bando que explodiu caixas eletrônicos entram no 3º dia

As buscas pelo bando que explodiu caixas eletrônicos do Banco do Brasil de Nova Monte Verde (160 km de Alta Floresta) entram no terceiro dia. Pelo menos cinco envolvidos estão sendo procurados por militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e PMs de Nova Monte Verde, Nova Bandeirantes, Apiacás, Alta Floresta e Paranaíta. A ação se concentra em uma área de mata na rodovia que liga Nova Monte Verde a Alta Floresta.

O bando invadiu a agência no final da tarde de terça-feira (25) e explodiu cerca de quatro caixas eletrônicos. O montante levado não foi informado, no entanto, na mesma data, policiais localizaram 117 notas de R$ 20 (R$ 2,3 mil), 190 notas de R$ 10 (R$ 1,9 mil) e uma nota de R$ 100 dentro da caminhonete que tinha sido roubada pelos bandidos para a fuga. No veículo, abandonado na rodovia que liga o município a Alta Floresta, havia ainda um carregador de pistola 9 milímetros e 53 munições do mesmo calibre.

Conforme informou, o bando invadiu a unidade armado com fuzis e fez alguns reféns. Na ocasião, o delegado regional da Polícia Civil em Alta Floresta, Josué de Jesus, destacou que as vítimas foram liberadas logo após a explosão dos caixas. Alguns assaltantes ficaram do lado de fora e fizeram disparos para o alto.

O grupo fugiu em um carro. Na ação, se envolveram em um acidente e abandonaram o veículo. Em seguida, obrigaram o condutor de uma L-200 a parar e roubaram a caminhonete. Eles continuaram a fuga por mais alguns quilômetros, abandonaram o veículo e entraram na mata.

Esta não é a primeira vez que o Banco do Brasil no município foi assaltado. A última ação ocorreu em julho do ano passado.

Fonte: Só Notícias

Padre Reinaldo relata no Vaticano a realidade da diocese de Diamantino

O padre Reinaldo Braga Júnior, da diocese de Diamantino, está em Roma para estudar Teologia Dogmática na Pontifícia Universidade Gregoriana. Durante entrevista à Rádio Vaticana, relatou sobre a realidade social da diocese de Diamantino.

O religioso lembrou o tempo que esteve como administrador diocesano, após a transferência do bispo Dom Canísio Klaus para o Rio Grande do Sul, até chegar o bispo Dom Vital Chitolina.

Ao mencionar o cotidiano no interior de Mato Grosso mencionou os percalços e a intervenção da igreja.

“Nossa diocese, embora seja interiorana podemos ver na nossa realidade, nas pequenas cidades, violência, drogas, um grande lamento da desvalorização da família; desigualdade social”, narrou e acrescentou que a igreja cumpre seu papel com a presença através da palavra e disponibiliza esperança e libertação.

O padre também falou sobre o projeto ‘Santa Missões Populares’ que objetiva o resgate principalmente dos jovens.

“É um projeto que agora está chegando ao fim, mas que desenvolvemos com muito afinco por esses últimos anos, especialmente com esse valor grande da palavra de Deus, mas indo ao encontro dessas realidades desafiadores que clamam por nosso olhar, por nossa palavra, por nossa ajuda, nos sentimos impelidos a termos essa presença de Jesus que vai ao encontro para trazer de volta a ovelha que se transviou”, concluiu.

Fonte: Redação – O Divisor

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Maria da Penha e Ficha Limpa ganham destaque na Semana Jurídica da UNED

Promotor de Justiça, Augusto César Fuzaro
Abordando sobre temas da atualidade a X Semana Jurídica da UNED trouxe a tona, com a palestra realizada pelo promotor de Justiça, Augusto César Fuzaro, o assunto: “O enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher: Uma construção coletiva”.

“São muitos casos de violência contra mulher em Diamantino, a finalidade desse tema é fazer com que os alunos sejam multiplicadores da Lei 11.340, a Lei Maria da Penha. Os casos de violência são muitos, em torno de 15 casos ao mês”, afirmou o promotor; alertando às mulheres que estão em situação de vulnerabilidade para procurarem os órgãos públicos competentes.

Outro assunto abordado na X Semana Jurídica foi a aplicação da Lei da Ficha Limpa e os Órgãos de Contas do Estado e da União; tema posto em painel pelo advogado, especialista em Direito Eleitoral, Ronimarcio Naves.

“Essa Lei apesar de ter sido publicada em 2010, o Supremo Tribunal Federal (STF) impediu que ela fosse aplicada naquele ano em razão do princípio da anualidade, é a primeira vez que essa Lei vai ser efetivamente aplicada pelos Tribunais Eleitorais”, mencionou o palestrante.

Segundo ele, a Lei que tem como princípio que maus gestores se perpetuem na gestão pública, terá muitas interpretações até que sejam segmentadas pelos Tribunais Superiores, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o STF.

“Essa é uma Lei que vem para ficar, ela tem iniciativa popular, todos segmentos da sociedade buscam que ela seja aplicada em todos os seus termos. Agora é obrigação do Poder Judiciário estabelecer os seus limites, entendemos que apesar de ter iniciativa popular e ser uma Lei complementar ela não pode e não deverá ultrapassar os limites Constitucionais”, ressaltou.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Foguetório causa incêndio dentro do aeroporto de Diamantino



Parte das margens do aeroporto foram tomadas pelo fogo, após um foguetório realizado por cabos eleitorais de um candidato. Um dos rojões atingiu a vegetação, que está seca, causando o incêndio.


De acordo com uma pessoa que estava no local, no momento do acidente, um manifestante pediu a um cabo eleitoral que soltasse alguns foguetes, para comemorar a chegada de um político que apoia essa coligação


Em poucos minutos, de acordo com a testemunha, o fogo se alastrou e a fumaça tomou conta da Avenida Gilmar Mendes, prejudicando a visibilidade dos motoristas que passavam pelo local.

De acordo com Maria Tereza Paro Oton, representante da brigada de incêndio, nessa época do ano é muito perigoso soltar qualquer tipo de fogo de artifício por causa da vegetação seca.

 “É bom evitar esse tipo de comemoração nessa época do ano, as pessoas devem agir com bom senso. Se for soltar, solte numa área que não tenha nada que provoque o incêndio”, alertou a ambientalista.


Fonte: Redação / O Divisor
Foto: Reprodução / TV Diamante

Ladrões rendem funcionários e assaltam Farmácia Unimed

Valor roubado ainda não foi levantado pela empresa
Dois homens armados com revólveres assaltaram no início da manhã desta quinta-feira (27) a Famácia Unimed, localizada na avenida Historiador Rubens de Mendonça.

A loja tinha acabado de ser aberta para expediente, quando os ladrões renderam os funcionários, que foram obrigados a entregar todo o dinheiro. Em seguida, os bandidos fugiram numa motocicleta que estacionaram em frente do prédio.

Policiais militares foram acionados e fizeram buscas nas proximidades, mas não localizaram os criminosos.

Policiais do Plantão Metropolitano da Capital disseram que vários casos de assaltos ocorridos em estabelecimentos comerciais foram registrados no início da manhã desta quinta-feira em bairros diferentes da Capital.

“Os ladrões estão assaltando no início do expediente, como ocorreu nessa farmácia”, observou um policial plantonista.

O roubo está sendo investigado pela Delegacia de Roubos e Furtos da Capital onde o delegado Roberto Amorim colocou uma equipe no caso.

Outro lado

A assessoria de imprensa da Unimed Cuiabá informou que a empresa ainda não apurou o valor roubado e que não há mais informações sobre o caso.

Fonte: MidiaNews

Após protesto em rodovia, índios de MT cobram transporte para Brasília

Índios pretendem cobrar do governo federal recursos para a saúde. Eles estão abrigados no prédio de uma ONG, em Cuiabá.
Um grupo de 40 índios chegou a Cuiabá nesta quarta-feira (26) e aguarda transporte para seguir até Brasília, onde pretende reivindicar recursos para a saúde na aldeia Halaytakw, localizada a cerca de 80 quilômetros do perímetro urbano de Juína. Os manifestantes da etnia Enawenê Nawê estão abrigados no prédio da Organização Não-Governamental (ONG) Operação Amazônia Ativa (Opan), no Centro da capital.

O coordenador regional da Fundação Nacional do Índio (Funai), de Juína, Antônio Carlos Aquino, explicou que a Prefeitura de Juína e o governo do estado se comprometeram a oferecer meio de transporte aos indígenas para que pudessem ir à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde. "A prefeitura ficou de levá-los até Cuiabá e, o governo, a Brasília", disse.

Esse acordo, conforme o coordenador regional da Funai, foi feito para que os indígenas liberassem a MT-170, em Juína. Os manifestantes bloquearam a rodovia na manhã de terça-feira (25) e cobravam pedágio de até R$ 100 dos motoristas que trafegavam pelo local. De acordo com Antônio Carlos, eles pretendiam arrecadar dinheiro para viajar a Brasília, mas, como o governo se dispôs a custear o transporte, encerraram o bloqueio nesta quarta-feira (26).

Lideranças indígenas se reuniram com a superintendente de Assuntos Indígenas de Mato Grosso, Janaina de Oliveira, na ONG, para definir sobre o transporte.

Segundo o coordenador regional da Funai, cerca de 40 lideranças indígenas vão a Brasília pedir a construção de uma farmácia e um posto de saúde na aldeia e a criação de uma estrada vicinal para ligar a aldeia até a MT-170.

Fonte: G1 MT

Nortão: 5 são presos com armas, munições e banana de dinamite

A Polícia Rodoviária Federal prendeu cinco homens, esta manhã, na BR-163, em Itaúba (94 km de Sinop), com uma banana de dinamite, munições e uma espingarda. Os materiais foram encontrados em abordagem rotineira que interceptou o Ford EcoSport que eles estavam, no qual também foram constatados sinais de adulteração. Pelas características, a PRF, acredita não haver ligação com o ataque ao Banco do Brasil em Nova Monte Verde, na terça-feira, mas que eles poderiam estar planejando uma ação semelhante na região.

Segundo a PRF, na abordagem, um deles tentou resistir a prisão e fugir, fazendo menção de sacar uma arma. Em um procedimento padrão, um disparo foi feito contra ele, em uma das pernas, o que acabou imobilizando o suspeito. A própria polícia fez os primeiros socorros. Posteriormente ele foi levado para o hospital local e passa bem.

Todos os envolvidos prestam depoimento na delegacia de Polícia Civil local, onde é apurado se há envolvimento deles com o ataque em Nova Monte Verde, onde cerca de quatro caixas eletrônicos ficaram danificados com explosivos. Ontem, os policiais localizaram 117 notas de R$ 20 (R$ 2,3 mil), 190 notas de R$ 10 (R$ 1,9 mil) e uma nota de R$ 100 dentro da caminhonete que tinha sido roubada pelos bandidos para a fuga. No veículo, abandonado na rodovia que liga o município a Alta Floresta, havia ainda um carregador de pistola 9 milímetros e 53 munições do mesmo calibre.

O bando invadiu a unidade armado com fuzis e fez alguns reféns. Na ocasião, o delegado regional da Polícia Civil em Alta Floresta, Josué de Jesus, destacou que as vítimas foram liberadas logo após a explosão dos caixas. Alguns assaltantes ficaram do lado de fora e fizeram disparos para o alto.

As buscas pelo cinco suspeitos continuam concentrada em uma área de mata (a cerca de 60 km de município) na região da rodovia que liga Nova Monte Verde a Alta Floresta.

Fonte: Só Notícias

Presos 8 suspeitos de envolvimento em roubo a clientes de banco em MT

Clientes de agência bancária foram rendidos e tiveram pertences levados. Polícia apreendeu uma pistola e recuperou objetos das vítimas.
Oito homens foram detidos após um assalto a clientes em uma agência bancária localizada na Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá. Conforme a Polícia Militar, dois suspeitos entraram na agência na noite desta quarta-feira (26), renderam os clientes e roubaram os objetos pessoais e dinheiro.

Quatro clientes estavam no banco no momento do roubo: um jovem de 23 anos e a mãe de 40 anos, além de outra mulher de 59 anos com a filha de 33 anos. Segundo a PM, a dupla rendeu os clientes e roubou joias, celulares, bolsas e carteiras. Em seguida, os suspeitos fugiram.

Ainda de acordo com a PM, uma motocicleta foi abandonada em frente à agência e os policiais aguardaram que algum dos suspeitos retornasse para buscá-la. Segundo os policiais, dois homens em um carro de passeio estacionaram no local, reagiram à abordagem e foram presos.

Os suspeitos revelaram a localização do restante do grupo, que também foi detido em uma residência da região com uma pistola de uso restrito, além dos objetos roubados, celulares e bolsas. Entre os suspeitos estava um adolescente de 14 anos.

Todo o grupo foi encaminhado para a Central de Flagrantes do bairro Planalto para prestar depoimento. De todos os suspeitos, três homens de 26, 39 e 22 anos continuam presos. As vítimas registram Boletim de Ocorrência e reconheceram os assaltantes.

Fonte: G1 MT

Carreta bitrem esmaga funcionário de posto de combustível em Juína

Um funcionário de um posto de gasolina foi atropelado por uma carreta bitrem, em Juína, nesta quarta-feira (26/09). De acordo com informações da Polícia Militar, o motorista  Rodrigo Leite Gomes, 23 anos, estava dando ré no veículo quando atropelou o homem. 

Segundo informações, o local é movimentado e uma pessoa viu o funcionário do posto embaixo da carreta, ainda tentaram avisar, mas ele já estava morto. O homem, identificado como Arlindo Batista de Oliveira trabalhava com carga e descarga. Testemunhas disseram que a vitima falava ao celular e não percebeu que a carreta fazia essa manobra. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado para atender a ocorrência e constatou o óbito da vitima que teve fraturas na coluna cervical, crânio, tórax e fratura exposta em um dos membros inferior.

O motorista da carreta, que pertence a um frigorífico da região foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e, em depoimento, disse que iria abastecer o veículo no posto e deu ré, já que não havia vagas nas bombas, e não viu quando atingiu o homem. Ainda, no depoimento, o motorista informou que ao dar ré, ouviu algumas pessoas gritando e parou, contudo já havia passado por cima do homem.

O motorista passou por teste de embriaguez e o resultado deu negativo. Ele foi autuado por homicídio culposo e vai responder processo em liberdade. O corpo do funcionário foi levado para o IML da cidade.

Fonte: Redação / O Divisor
Foto: JuinaNews

Genoma Colorado se preocupa em formar cidadãos e atletas


O sonho de muitas crianças e jovens hoje em dia é ser jogador de futebol. Porém, para formar um atleta profissional de qualquer modalidade esportiva de projeção, é importante formar cidadãos. 

De acordo com o Prof. Chiquinho, coordenador do Genoma Colorado, a maior preocupação antes de formar atleta, é formar cidadãos. “Aqui a gente se preocupa em formar uma pessoa de bem, cidadãos. Procuramos passar diversos princípios de educação, respeito e ética e mostrar que o respeito e humildade estão acima de tudo.

O núcleo do Internacional de Porto Alegre está em Diamantino há 4 anos, conhecido como Genoma Colorado, a escolinha passou a ser centro de formação de atleta.

“Nesses 4 anos os resultados estão começando a aparecer, tenho sete garotos que já estão treinando no CT do clube, dois já estão jogando no Internacional e outros dois estão indo para uma temporada de testes no Santos”, comemora o professor. 

Hoje o centro possui mais de 80 jovens em treinamento e Chiquinho espera, cada vez mais, revelar atletas e formar pessoas de bem. Para o próximo ano, Chiquinho espera levar mais seis crianças para fazer testes em Porto Alegre, no Internacional.

Fonte: Redação / O Divisor
Foto: O Divisor

Casal é preso após comprar objetos com dinheiro falso em Cuiabá, diz PM

Funcionários de loja acionaram a PM após constatar que notas eram falsas.

Com o casal a PM também encontrou droga e três identidades falsas. Duas pessoas foram presas em flagrante tentando comprar produtos com dinheiro falso na tarde desta quarta-feira (26) em Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, além de notas falsas, a polícia encontrou uma porção de droga e documentos falsos com o casal.

Os dois tentaram comprar produtos em uma loja, porém, os funcionários do estabelecimento perceberam que as notas repassadas pelo casal eram falsas e acionaram a polícia. Conforme o boletim de ocorrências, assim que os policiais chegaram ao local, viram os dois suspeitos fugindo de moto.

Houve perseguição e depois de detidos, os suspeitos foram levados até a loja onde tentaram repassar o dinheiro falsificado. O casal foi reconhecido pelo dono do local que ainda apresentou aos policiais as notas falsas de R$ 50 entregues por eles.

Ainda de acordo com a polícia, a equipe foi informada pela vítima de que a dupla também teria comprado produtos com dinheiro falso em uma outra loja da região. Chegando nesta segunda loja, a vitima também reconheceu os suspeitos e apresentou mais duas notas falsas que teriam sido repassadas pelo casal.

Com os suspeitos a PM encontrou uma nota falsa de R$50, além de uma porção de pasta base de cocaína e ainda três identidades falsas. Os dois foram presos e encaminhados para a Central de Flagrantes.

Fonte: G1 MT

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Diamantino: Sobra do material de campanha deve ser entregue no Cartório Eleitoral, diz juiz


Juiz da 7ª Zona Eleitoral, Luis Fernando Voto Kirche

O juiz da 7ª Zona Eleitoral, Luis Fernando Voto Kirche realizou uma reunião com a imprensa na manhã desta quarta-feira (26.09) para explanar as diretrizes que serão seguidas até o dia da eleição, 07 de outubro.

Foram apresentadas as Portarias, sendo uma delas a de nº 012/2012 que considera que não será tolerada propaganda que prejudique a higiene e a estética urbana ou contravenha as posturas municipais ou a outra qualquer restrição de direito.

A Portaria determina aos candidatos, representantes das coligações e partidos políticos, que façam a entrega de toda a sobra do material de campanha consistente em panfletos, santinhos e assemelhados no Cartório Eleitoral entre às 14h01 às 19h do sábado (06.10).

O material recolhido será distribuído para cooperativas e reciclagem e os banners de lona serão usados na produção de sacolas retornáveis, onde os nomes das coligações e candidatos serão descaracterizados.

Portanto, fica terminantemente proibida a prática de lançar ou atirar em logradouros públicos, materiais impressos de propaganda eleitoral, tais como: panfletos, santinhos ou qualquer outro assemelhado, inclusive e especialmente na véspera e no dia do pleito.

Os infratores ficarão sujeitos a prisão em flagrante pelo crime previsto no artigo 347 do Código Eleitoral e ainda a apreensão de toda propaganda eleitoral que estiverem portando, inclusive do veículo eventualmente utilizado para a prática delitiva.

No dia da eleição o eleitor poderá levar a cola disponibilizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ou anotar os números dos candidatos em um papel em branco.

- Lei seca

Outra Portaria apresentada pelo juiz foi a nº018/2012 que proíbe em qualquer tipo de estabelecimento comercial vender, servir ou portar bebida alcoólica de qualquer natureza, no período compreendido de 06 de outubro a partir das 19h, até o dia 07 de outubro às 19h.

Fonte: Redação – O Divisor

Futsal: Diamantino enfrentará Juina em casa

No próximo sábado (29.09) a equipe de futsal de Diamantino jogará contra Juina, atual campeã do Estado, no ginásio de esportes do bairro Buriti, pelo Campeonato Matogrossense de Futsal, realizado pela Federação Matogrossense de Futsal de Salão (FMFS).

O vencedor do campeonato garantirá vaga para disputar a Taça Brasil, disputando contra as grandes equipes nacionais.

O jogo ocorrerá às 19h, com ingressos por R$ 3,00 à venda pela Associação Diamantinense de Futsal (ADF) nos pontos, sendo: Polo Centro; Constard; Titão Novo Diamantino; Quitanda em frente à base da Polícia Militar no bairro Novo Diamantino.

No último encontro de Diamantino contra Juína em casa a equipe diamantinense venceu por 5 a 1.

Contato para ingresso e mais informações: (65) 9977-7326 – Avelino

Fonte: Redação – O Divisor

Sicredi mantém atendimento normal

Movimento grevista não inclui colaboradores das Cooperativas de Crédito do Sistema Sicredi.

Os associados do Sicredi fazem parte de Cooperativas e, por isso, contam com atendimento normal nos 136 pontos de atendimento localizados em Mato Grosso. Além dos benefícios de ser dono do negócio, os colaboradores integram uma instituição financeira diferenciada e não foram afetados pela greve dos bancários, que acontece por tempo indeterminado em todo o país.

“Os colaboradores do Sicredi possuem um sindicato independente - o Sindicred, possuem acordo que assegura participação nos resultados, além de serem associados das cooperativas, por isso não aderindo ao atual movimento de greve”, explicou a gerente de gestão de pessoas da Central Sicredi MT, PA e RO, Margareth Facirolli.

De portas abertas, as unidades do Sicredi prestam um atendimento personalizado e realizam diversas transações financeiras. Existe ainda uma ampla rede de canais de conveniência, o Sicredi Total, que além dos caixas eletrônicos, conta com o Internet Banking, atendimento por telefone, débito automático, Débito Direto Autorizado (DDA) e Agentes Credenciados para pagamentos de contas e boletos bancários.

Fonte: Central Sicredi MT, PA e RO
(65) 3648-5193

Fiscalização flagra falsos dentistas atuando em Arenápolis e Barra do Bugres

Duas pessoas foram flagradas atendendo pacientes. CRO recebeu denúncias na região Centro-norte de MT.
Dois homens foram detidos em flagrante nesta terça-feira (25) por suspeita de exercício ilegal da profissão de odontologia, nas cidades de Arenápolis e Barra do Bugres, a 259 e 169 quilômetros de Cuiabá, respectivamente. As irregularidades foram encontradas durante uma fiscalização do Conselho Regional de Odontologia (CRO).

Conforme o CRO, a ideia é percorrer toda a região Centro-norte de Mato Grosso para impedir o exercício ilegal da profissão.

Em um dos casos, o falso dentista foi encontrado trabalhando em um consultório improvisado na própria casa na cidade de Arenápolis. Há 25 anos ele atuava como dentista no município. O suspeito não quis se pronunciar sobre o caso, mas deve responder por exercício ilegal da profissão. Segundo o Conselho, essa prática ilegal se torna comum em pequenas cidades. “A população é atendida de forma precária com instrumentos que não são esterilizados, podendo ser contaminados com doenças como a hepatite”, disse Rogério Luiz Vialle, gerente administrativo do CRO.

Já na cidade de Barra do Bugres, o Conselho flagrou um acadêmico de odontologia atuando na área, inclusive atendendo pacientes. “Já encontramos mais de 10 profissionais ilegais só neste ano e nosso objetivo é acabar com os falsos profissionais no estado”, disse Vialle.

Para exercer a profissão, além do curso superior, é necessário ter cadastro no Conselho Regional de Odontologia.

Fonte: G1 MT

Nortão: policiais cercam mata para pegar quadrilha explodiu banco

A Polícia Militar de Nova Monte Verde (160 km de Alta Floresta) confirmou que mantém as buscas em uma área de mata (localizada a 60 km do município), neste momento, pelos bandidos que invadiram e explodiram caixas eletrônicos do Banco do Brasil, ontem, no início da noite. Chove neste momento na região, o que também dificulta o trabalho das equipes na pereguição ao bando. Policiais de Nova Bandeirantes, Apiacás, Alta Floresta e Paranaíta também auxiliam. A agência bancária, segundo a PM, ainda não confirmou o montante roubado.

O bando invadiu a unidade armado com fuzis e fez alguns reféns. O delegado regional da Polícia Civil em Alta Floresta, Josué de Jesus, destacou ainda que as vítimas foram liberadas logo após a explosão de quatro caixas. Alguns dos assaltantes ficaram do lado de fora e fizeram disparos para o alto.

Conforme Só Notícias já informou, o bando fugiu em uma caminhonete e um carro. Na fuga, eles envolveram em acidente e abandonaram o veículo. Em seguida, obrigaram condutor de uma L-200 a parar e roubaram o veículo. Eles continuaram a fuga por mais alguns quilômetros, abandonaram a caminhonete e entraram na mata, na rodovia Monte Verde-Alta Floresta.

Logo após o ataque ao banco, houve dificuldades de comunicação. A própria polícia ficou sem contato entre delegacias e unidades da PM. Esta não é a primeira vez que o Banco do Brasil no município foi assaltado. A última ação ocorreu em julho do ano passado.

Fonte: Só Notícias

“O Direito e a democracia são irmãos siameses”, diz Taques em Diamantino

Paulo Zamar Taques: “Desde que o Direito começou está junto com a democracia”
Durante o segundo dia da X Semana Jurídica, promovida pelo 8º semestre do curso de Direito da Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Diamantino (UNED), o advogado criminalista e especialista em Direito Eleitoral, Paulo Zamar Taques, palestrou sobre os desafios da advocacia e sua contribuição para a consolidação democrática.

“Desde que o Direito começou está junto com a democracia. Mas o principal, não somente no Brasil, mas em outros países de regime democrático é a liberdade de expressão e o Direito começa ser importante para democracia ai, no momento que ele regula essas participações, essas manifestações”, afirmou Taques.

Para o advogado, o Direito e a democracia são irmãos siameses, um não sobrevive sem o outro, exemplificou e destacou o papel da imprensa como um dos pilares. “Uma sociedade sem uma imprensa livre ela não tem democracia”, manifestou.

Taques defendeu a formação acadêmica do profissional jornalista, alertando ser um perigo exercer o ofício sem antes ser habilitado. “É como se a pessoa pudesse exercer a advocacia sem ser advogado, sem ser credenciado pela OAB. É um risco. É um risco para própria sociedade. Cada um tem que exercer a profissão que foi preparado”.

Quanto a Semana Jurídica, disse ser fundamental, salientou que na faculdade é onde surgem as discussões, as críticas e o desmonte de tudo que está pronto.

Ratificando o palestrante, a coordenadora adjunta do curso de Direito, Marlene Julia de Oliveira Scarpat, completou dizendo que os temas da X Semana Jurídica abrangem os assuntos da atualidade, como por exemplo: Lei Maria da Penha, Ficha Limpa e Terceiro Setor. “A UNED oportuniza muito além do aprendizado em sala de aula; oportuniza reflexão”, finalizou.

Fonte: Redação – O Divisor

Motorista perde controle da direção e carreta cai em ribanceira em MT

Acidente ocorreu na MT-358 em Tangará da Serra. Motorista sofreu ferimentos leves e foi socorrido pelo Samu.

Uma carreta que transportava milho tombou na Serra do Parecis, em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, na tarde desta terça-feira (25). O motorista de 56 anos sofreu ferimentos leves e foi socorrido pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu).

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta seguia pela MT-358, sentido Tangará da Serra com destino a Barra do Garças, quando saiu da pista e caiu na ribanceira. O condutor relatou à equipe de resgate que perdeu o controle da direção do veículo por falta de freios.

Fonte: G1 MT

terça-feira, 25 de setembro de 2012

X Semana Jurídica da UNED ocorrerá até sexta com temas da atualidade; saiba a programação

Iniciou na segunda-feira (24.09) e vai até sexta-feira (28.09) a X Semana Jurídica da UNED – 2012/2. O evento realizado pelo 8º semestre conta com a participação de juristas renomadas e aborda temas da atualidade como, por exemplo, eleição; ficha limpa; violência contra mulher e terceiro setor.

O investimento para participar da Semana Jurídica é R$ 50,00 para acadêmicos e R$ 70,00 para profissionais.

Sendo o certificado de 60 horas/aula para acadêmicos do curso de Direito e 20 horas/aula para acadêmicos dos outros cursos.

- PROGRAMAÇÃO

24.09 - Segunda-feira

Abertura oficial: Maria Aparecida Mendel (Diretora geral da UNED)
Apresentação inicial: Dr. Celito Bernardi (Presidente da OAB Diamantino)

20h – Início

Palestrante: Dr. Valério Mazzuoli (Pós-doutor pela Universidade Lisboa. Doutor em Direito Internacional pela UFRGS. Mestre em Direito pela UNESP. Professor da UFMT e da Rede LFG)

Tema: As relações entre o Direito Internacional e o Direito Interno na Perspectiva do Estado Pós-moderno: Diálogo das fontes e controle de convencionalidade em questão.

25.09 – Terça-feira

19h15 – Abertura: Cerimonial

Palestrante: Dr. Paulo Zamar Taques (Advogado criminalista e especialista em Direito Eleitoral. Conselheiro e Diretor para Mato Grosso da Associação Brasileira de Consultores Políticos. Representante da região Centro-Oeste da Sociedade Brasileira dos Profissionais e Pesquisadores de Comunicações e Marketing Político. Conferencista e palestrante no Brasil e no exterior).
 
Tema: Os desafios da advocacia e sua contribuição para a consolidação da democracia.

21h

Palestrante: Dr. Marcio André Alves do Prado (Advogado, conselheiro da 2ª Câmara de Julgamento do Conselho de Recursos da Previdência Social – 2ª CAJC/CRPS e presidente da Comissão de Direito do Terceiro Setor da OAB/DF)
 
Tema: O Direito e o Terceiro Setor

26.09 – Quarta-feira

19h15 - Abertura: Cerimonial

Palestrante: Dr. Augusto César Fuzaro (Promotor de Justiça do Juizado Especial e Criminal)
 
Tema: O enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher: Uma construção coletiva
Obs: Haverá a distribuição do material do assunto em pauta.

21h

Palestrante: Dr. Ronimarcio Naves (Advogado e especialista em Direito Eleitoral; presidente da Comissão de Informática Jurídica 2000/2003 da OAB/MT, conselheiro estadual da OAB 2010/2012, diretor administrativo/financeiro do CESA – seccional MT)
 
Tema: Aplicação da Lei da Ficha Limpa e os Órgãos de Contas do Estado e da União

27.09 – Quinta-feira

19h15 - Abertura: Cerimonial

Palestrante: Dr. Geraldo Fidélis (Juiz de Direito da Comarca de Cáceres)

Tema: Perspectiva das eleições no Brasil

21h

Palestrante: Saul Tourinho Leal (Doutorado em Direito Constitucional pela Universidade PUC-SP)
 
Tema: Direito de diversidade
Obs: Palestrante está lançando sua nova obra de “Controle de Constitucionalidade Moderno”

28.09 – Sexta-feira

19h15 – Abertura – Cerimonial

Palestrante: Dr. Paulo Prado (Chefe da Procuradoria de Justiça Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente)
 
Tema: Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)

21h

Palestrante: Dr. Eduardo Mahon (Professor Mestre em Direito Penal e Criminologia)

Tema: Iniciativa probatória do juiz
Homenageado: Dr. Gilmar Ferreira Mendes (Ministro do Supremo Tribunal Federal – STF)

Fonte: Assessoria de Imprensa

Capacete desamarrado faz motociclista perder controle e cair


Um jovem de 19 anos ficou ferido após seu capacete lhe tirar a visão. Maércio Chaves Silva estava com o capacete desamarrado e com a pressão do ar o mesmo subiu e lhe tirou a visibilidade, levando a queda.  O acidente aconteceu por volta das 14 horas desta terça-feira, na avenida Miguel Abib, sentido Novo Diamantino-Diamantino.

O condutor, que não possui CNH, deu entrada no Pronto Atendimento com lesões nos braços e nas pernas e escoriações pelo corpo. De acordo com o Boletim de Ocorrência, a Polícia Miltar foi acionada pela recepcionista do PA.

Ainda, segundo o B.O, a motocicleta Honda CG 125 Fan, preta, placa NHJ 3316, de Diamantino, sofreu danos de grande proporção, uma vez que ela só parou do outro lado da pista. O uso irrgular ou da falta de capacete a infração será considerada gravíssima.

De acordo com a Resolução, as sanções para tais infrações são as previstas nos incisos I e II do Art. 244 do Código de Trânsito Brasileiro que estabelece multa de R$191,54, suspensão do direito de dirigir e recolhimento do documento de habilitação.

Fonte: Redação / O Divisor


Índios bloqueiam rodovia de MT e cobram pedágio de até R$ 100

Indígenas da etnia Enawenê Nawê reivindicam investimentos na saúde. Motoristas têm de pagar de R$ 30 a R$ 100 para trafegar pela MT-170.

Indígenas da etnia Enawenê Nawê bloquearam trecho da MT-170, na ponte sobre o Rio Juruena, em Juína, a 737 quilômetros de Cuiabá, na manhã desta terça-feira (25). Eles cobram pedágio dos motoristas que passam pelo local e cobram investimentos na saúde indígena, motivo pelo qual também bloquearam a mesma rodovia no ano passado, de acordo com a coordenação regional da Fundação Nacional do Índio (Funai). O coordenador regional da Funai, Antônio Carlos Aquino, informou que os índios estão cobrando pedágio porque querem dinheiro para ir a Brasília reivindicar da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) melhorias no atendimento à saúde. "Algumas reinvindicações foram cumpridas e outras estão em andamento", disse o coordenador. Ele afirmou que a Funai foi informado nesta segunda-feira (24) sobre o protesto e está acompanhando de perto o movimento.

A Polícia Militar do município informou que os índios distribuíram uma carta pelas ruas da cidade sobre o motivo do bloqueio. "No ano passado, quando fechamos a rodovia, ficou acertado com o poder público que haveria providências para melhorar o atendimento da saúde na aldeia", diz trecho do documento dos manifestantes, alegando que o acordo não estaria sendo cumprido. Ao final, eles pedem a compreensão de todos que passarem pela rodovia. A PM disse que vai até o local durante a tarde desta terça-feira.

Os indígenas cobram R$ 100 para o tráfego de caminhões e ônibus; R$ 60 de caminhonetes e carros e R$ 30 de motocicletas.

Fonte: G1 MT

Cartório vai realizar treinamento de eleitores nesta semana

Nos dias 27 e 27 de setembro, próxima quinta e sexta-feira, o Cartório Eleitoral irá promover o treinamento de eleitores.

Segundo Camile Genro, chefe do Cartório Eleitoral, o objetivo é familiarizar as pessoas com a urna para que no dia das eleições a população não tenha dificuldades para votar.

Duas urnas serão disponibilizadas para este treinamento. Uma ficará no supermercado Polo Centro, das 9 às 18 horas. A outra ficará no Banco do Brasil durante todo o horário de expediente da agência.

Fonte: Redação - O Divisor

TRE realiza verificação de urnas de Diamantino e Alto Paraguai

As eleições acontecem no dia 07 de outubro e a 7ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso está realizando a verificação das urnas eletrônicas que serão usadas no pleito em Diamantino e Alto Paraguai.

De acordo com a chefe do Cartório Eleitoral, Camile Genro, a conferência é importante para evitar atrasos no dia da votação. “Se a data ou a hora estiverem erradas, o chefe da seção faz a correção por meio de um pen drive, que vai acessar o software”. Na semana passada foi feita “carga” e lacre das urna.

A carga é a “alimentação” que são somente os seguintes dados: as fotos, números dos candidatos, zonas e seções. 
 Além da carga das urnas, as mesmas são lacradas para que haja a garantia que elas não sejam violadas. Esse lacre é impresso na Casa da Moeda e se por ventura houver a tentativa de arrancá-lo é possível perceber, pois ele é microserrilhado, se houver a tentativa de violação é muito fácil percebê-la.

Fonte: Redação - O Divisor



Homem ataca mulher no centro de Cuiabá com seis facadas

Suspeito será encaminhado para o presídio do Carumbé

Policiais militares prenderam em flagrante M.F.S. de 33 anos, que atacou uma mulher de 28 anos que caminhava pela rua Pedro Celestino, no centro de Cuiabá, na tarde desta segunda-feira (24), por volta das 17h30.

Ele se aproximou e acertou seis golpes de faca na vítima, que foi socorrida por transeuntes. O suspeito fugiu em direção ao Morro da Luz, mas foi preso com uma faca com manchas de sangue.

A mulher foi levada até a Clínica Femina. Conforme a vítima, ela disse que seque chegou a ser abordada. Ao caminhar pela rua, foi atacada pelo homem que chegou desferindo os golpes.

“Não sei o que aconteceu. Esse maluco já chegou me esfaqueando. Não o conheço não sei de onde surgiu”, relatou a mulher a policiais militares que atenderam a ocorrência.

No Plantão Metropolitano da Capital, M.F. disse que só fala em juízo.

Policiais plantonistas acreditam que o suspeito sofra de problemas mentais. Autuado em flagrante, o suspeito será encaminhado para a Cadeia Pública do Carumbé.

Fonte: MidiaNews

Homem morre degolado por tampão de bagageiro de ônibus em Cuiabá

O motorista J.S.B., de 43 anos morreu na noite deste domingo (23) na avenida República do Líbano, em Cuiabá. Testemunhas disseram que ele foi atingido pelo tampão do bagageiro de um ônibus, após descer do Gol que dirigia.

O acidente aconteceu por volta das 23h deste domingo (23). Após passar por um quebra-molas, o motorista parou o carro e desceu, ficando ao lado do veículo.

Nesse momento, o ônibus passou com o tampão aberto e atingiu o pescoço da vítima, que morreu no local. O motorista do ônibus só foi saber da morte ao chegar à garagem da empresa.

Ao ser informado do acidente, retornou com o ônibus até o local. Policiais da Divisão de Trânsito da Delegacia do Complexo do Coxipó estiveram no local para atender a ocorrência.

Conforme os policiais, J.S.B. trabalhava como garçom numa lanchonete na rodovia Emanoel Pinheiro e voltava para casa quando ocorreu o acidente.

Fonte: MidiaNews

Eleições 2012: Apuração em Diamantino será projetada em telão

O juiz da 7ª Zona Eleitoral, Luis Fernando Voto Kirche alertou aos eleitores que votam nos colégios eleitorais de Diamantino e Alto Paraguai que não será permitido votar com os santinhos dos candidatos, porém, o eleitor pode levar a ‘colinha’ num papel branco; ou na ‘colinha’ disponibilizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o TSE, o eleitor levará 40 segundos, em média, para votar nas eleições do próximo dia 7 de outubro. A estimativa tem como base informações coletadas em eleições anteriores. Esse tempo é calculado a partir do momento em que o eleitor se dirige à urna até o instante em que confirma o voto no segundo cargo – prefeito.

Nas eleições municipais de 2008, cada eleitor levou 31 segundos, em média, para votar em candidatos a prefeito e a vereador, em 5.563 municípios. O tempo médio de atendimento ao eleitor foi de 39 segundos em 2008. Esse tempo é contado a partir da digitação do número do título do eleitor por parte do mesário até a confirmação do voto no segundo cargo.

Apuração em Diamantino

A apuração dos votos em Diamantino será no Cartório Eleitoral. Devido o espaço limitado um telão projetará toda apuração na parede externa do Banco do Brasil.



Fonte: Redação – O Divisor

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Diamantino: por causa de cíumes, jovem é espancado em festa

Na última sexta-feira (21/09), o jovem G.G.B, de 17 anos, foi espancado por outros dois rapazes em uma festa realizada dentro de uma faculdade, no centro da cidade. 

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o adolescente sentiu ciúmes de sua ex-namorada que estava acompanhada de dois outros jovens, identificados como A.V e MX. 

Ao tentar defender a garota, os A.V e MX começaram a agredir G.G.B com socos e golpes de capacete. A vítima teve lesões no olho, no nariz e corte no supercílio.

Fonte: Redação / O Divisor

Servidores da Sefaz participam da 3ª Corrida Cara Limpa Contra as Drogas

A 3ª Corrida Cara Limpa Contra as Drogas, que será realizada neste domingo (30.09), em Cuiabá, terá a participação de 42 servidores/atletas da Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) que integram a equipe Sefaz Runners. A corrida também vale pontos para o 3° Campeonato Fazendário de Corrida de Rua, competição interna realizada entre os servidores.

A corrida 'Cara Limpa Contra as Drogas’ é uma realização da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, desenvolvida pela equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Cuiabá, mas com participação aberta à população em geral.

A largada está marcada para às 7h, em frente ao prédio da Biblioteca da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e o percurso será de cinco quilômetros no entorno do campus da universidade, passando pelos bairros Boa Esperança, Jardim das Américas e Jardim Itália.

O projeto busca sensibilizar e conscientizar a sociedade de que a prevenção ao uso e a repressão ao tráfico de drogas não é apenas dever da polícia, mas responsabilidade de todo cidadão que deseja um mundo de paz.

Fonte: Assessoria/Sefaz-MT

"Uma caneta como brinde caracteriza compra de voto", alerta promotor em Diamantino


Milton Pereira Merquiades:"É muito comum na eleição os candidatos doarem cestas básicas, isso é compra de voto, isso é crime e dá cassação do registro ou do mandato do candidato”
A subseção da OAB de Diamantino em parcerias com o Ministério Público, Poder Judiciário, Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Diamantino (UNED) e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), está intensificando a campanha pelo voto limpo.

“Nosso maior objetivo é conscientizar os eleitores e os candidatos para que não vendam e também não comprem voto. Nós queremos que as eleições transcorram na maior transparência”, afirmou o presidente da subseção da OAB, Celito Bernardi.

Na noite de sexta-feira (21.09) houve pitstop informativo na avenida JPF Mendes, área central da cidade, para conscientizar quanto ao crime da compra e venda do voto.

“O voto não pode estar atrelado com nenhum tipo de benefício. Nós querermos que a população escolha o melhor candidato, o voto não tem preço, mas tem consequência”, advertiu o advogado.

De acordo com o promotor Milton Pereira Merquiades, a compra de voto para caracterizar o crime e a infração administrativa eleitoral que gera cassação do registro de candidatura, ou do diploma, é o oferecimento de qualquer tipo de vantagem ao eleitor para que vote no candidato. “Por exemplo, uma agenda, uma caneta como brinde caracteriza compra de voto. É muito comum na eleição os candidatos doarem cestas básicas, isso é compra de voto, isso é crime e dá cassação do registro ou do mandato do candidato”, alertou o promotor.

O juiz da 7ª Zona Eleitoral, Luis Fernando Voto Kirche elogiou a campanha pelo voto consciente e lembrou que essa será a primeira eleição após a vigência efetiva da Ficha Limpa, portanto as instituições estão unidas, em parceria, contra corrupção eleitoral.

Denúncia em caso de compra de voto: 0800-6478191

Fonte: Redação – O Divisor