sábado, 13 de outubro de 2012

UNED adere pelo terceiro ano ao Outubro Rosa


A Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Diamantino (UNED) adere há três anos ao movimento Outubro Rosa, que visa chamar atenção para realidade atual do câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce. 

O nome do movimento remete ao laço rosa que simboliza mundialmente a luta contra a doença e estimula a participação da população, empresas e entidades. 

A diretora geral da UNED, Maria Aparecida Mendel Alves teve a iniciativa de assim como em monumentos em diversas partes do mundo, iluminar a fachada do prédio da faculdade de rosa.

Fonte: Assessoria de Imprensa

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Diamantino: Estado atrasa repasse de verbas e hospital está com dificuldade financeira

O Hospital São João Batista, em Diamantino, está com dificuldades financeiras. O acordo com a Secretaria Estadual de Saúde prevê um repasse de R$ 355 mil por mês, mas desde o início do ano esse dinheiro tem sido repassado a conta-gotas. 

A maior fonte de recursos do hospital é por meio dessa verba. “O hospital depende única e exclusivamente do repasse da Secretaria, diferente de outros hospitais. 95% da entrada no hopsital é do Estado, eu não consigo manter com convênios e atendimentos particulares, pois não passa dos R$ 10 mil”, esclarece o Frei Tarcísio, gestor da unidade. 

Nos últimos dois meses foram feitos alguns repasses, mas de acordo com o Frei, o valor foi pequeno. “Eles repassam valores muito pequenos, o último de grande expressão foi feito em setembro, um pouco mais de R$ 200 mil”, completou. 

Essa situação compromete o atendimento, diz o gestor. “O pagamento do corpo clínico está sendo parcelado; medicamentos não podemos mais fazer a cotação, temos que ver qual fornecedor vai nos vender”, completou. 

Contas bloqueadas 

O Ministério Público Estadual (MPE) pediu o bloqueio de R$ 12,3 milhões da conta única do Estado. Tal medida tem como objetivo garantir o repasse imediato das verbas em atraso para as secretarias de saúde de Cuiabá e Várzea Grande. 

Segundo o MPE, somente com o município de Cuiabá a dívida se aproxima dos R$ 10 milhões, em Várzea Grande o valor referente aos serviços de urgência e emergência é de R$ 2,5 milhões.

Texto: Redação / O Divisor
Foto: O Divisor

Prefeituras podem concorrer a máquinas do PAC2 até o dia 31

Municípios com população igual ou inferior a 50 mil habitantes e que estão fora de regiões metropolitanas têm até o próximo dia 31 de outubro para concorrer a máquinas da segunda fase do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC 2). 

As retroescavadeiras e as motoniveladoras serão doadas pelo governo federal para que as prefeituras construam e recuperem estradas vicinais – importantes para o escoamento da produção da agricultura familiar. O formulário de cadastramento está disponível no portal do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A ação prevê a doação de 3.591 retroescavadeiras e 1.330 motoniveladoras às prefeituras contempladas. 

Até o momento, cerca de 500 municípios, que se encaixam nos critérios estabelecidos pelo programa, ainda não manifestaram interesse em receber os equipamentos.

O processo de cadastramento contempla três etapas principais: cadastramento, até o dia 31 de outubro; entrega de documentação e análise, de 1º a 16 de novembro; deliberação e divulgação das propostas selecionadas em 19 de novembro, conforme especificado na Portarianº 131 de 18 de setembro deste ano.

O número de habitantes de cada município terá como base a mais recente estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2010. 

Passo a passo 

Para se cadastrar, o procedimento é simples. Basta acessar o sítio do MDA, entrar no link “cadastramento de carta-consulta”, preencher o campo usuário com o termo “município.” (com o ponto) mais o código de seis dígitos do município no IBGE (exemplo: município.123456) e informar a senha cadastrada no banco de dados do ministério. 

Caso o solicitante da prefeitura ainda não tenha se cadastrado deverá enviar um ofício digitalizado com a assinatura do prefeito para o e-mail pac2mda@mda.gov.br informando um e-mail para o qual será enviada a senha de acesso. Caso tenha cadastrado o e-mail, mas não se lembre da senha, basta acessar o site e acessar a opção “Esqueceu da senha?”, para envio automático de uma nova. O início das entregas está previsto para o primeiro semestre de 2013. 

Confira o passo a passo do cadastramento no sítio do MDA. 

Ações 

Na primeira etapa, 1.299 municípios receberam 1.275 retroescavadeiras. A ideia é universalizar a ação e doar retroescavadeiras a todos os municípios brasileiros que se enquadrem nos critérios estabelecidos pelo PAC 2 – ter até 50 mil habitantes e estar fora de regiões metropolitanas. 

As localidades já contempladas com retroescavadeiras poderão participar apenas da seleção de motoniveladoras. Além dos mais de R$ 211 milhões já empregados na primeira ação, as novas compras de máquinas devem somar mais de R$ 1 bilhão. Na última terça-feira (9), o MDA também assinou aditivo pra entrega de equipamentos do contrato vigente para mais 478 municípios já no início de 2013. 

Para que um número maior de municípios se beneficie das motoniveladoras, a orientação é que os interessados se organizem e concorram por meio da modalidade associativa (ou seja, uma proposta apresentada por um conjunto de municípios, com, no mínimo, três e, no máximo, seis associados – todos com população inferior a 50 mil habitantes) ou via consórcios públicos já constituídos. A máquina será administrada e usada pelos municípios conjuntamente. 

Com a entrega dessas máquinas, o governo federal visa proporcionar estradas vicinais em melhores condições para a população rural. São por essas vias, que ligam o campo à cidade, que os produtos da agricultura familiar são transportados até os pontos de comercialização. 

O setor é estratégico para a segurança nutricional e soberania alimentar no Brasil, uma vez que produz 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros, ocupa 24% da área agrícola do País e ainda emprega 74% da mão de obra no meio rural. 

Fonte: Agência MDA

Inscrições abertas para mais de 20 cursos na área agrícola em Diamantino

Estão abertas as inscrições para 21 cursos na área agrícola oferecidos pelo Senar, os interessados, maiores de 18 anos, devem procurar a Secretaria Municipal de Agricultura de Diamantino, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h.

Mais informações: 3336-1109


Saiba quais são os cursos:

Alternativa de alimentação para bovinos no período da seca;
Beneficiamento e conservação de pescado;
Comercialização de produtos agropecuários;
Controle de formigas cortadeiras e cupins em pastagem;
Cultivo de banana;
Cultivo de mandioca;
Cultivo de pupunha;
Cultivo de abacaxi;
Cultivo de citrus;
Cultivo de caju;
Cultivo de mamão;
Cultivo de maracujá;
Qualidade do leite;
Manejo de gado de corte;
Manejo de gado leiteiro;
Manejo e recuperação de pastagem;
Manutenção de tratores agrícolas;
Produção de derivados do leite – queijos;
Produção de derivados do leite – requeijão, doces e iorgutes;
Produção de mudas em viveiro florestal;
Viveirista em fruticultura.

Fonte: Redação – O Divisor

Técnicos de Santa Catarina vem a Mato Grosso conhecer o Programa Panela Cheia

O Programa Estadual de Transferência de Renda já é referência no país. Como tal, tem sido indicado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para outros Estados que pretendem lançar programas semelhantes ao Panela Cheia. Nesta terça e quarta-feira (09 e 10.10) técnicos da assistência social de Santa Catarina estão presentes em Mato Grosso para conhecer a operacionalização do programa desenvolvido pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT).

O Panela Cheia foi implementado em Mato Grosso para ampliar a renda das famílias que estão em situação de extrema pobreza. Em 2012, o projeto deve beneficiar mais de 10 mil famílias nos 18 municípios que estão sendo atendidos inicialmente no Estado. Os valores pagos pelo programa variam entre R$ 5 e R$ 100 e servem como complemento de renda para as famílias beneficiárias do Bolsa Família.

“Achei o Panela Cheia espetacular”, disse a coordenadora do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único de Santa Catarina, Cláudia Regina Moser. Para ela, a erradicação da extrema pobreza precisa contar com políticas de transferência de renda, já que muitas famílias que recebem os benefícios do Governo Federal, ainda permanecem com renda per capita mensal inferior a R$ 70.

No ano que vem Santa Catarina irá lançar o Programa Santa Renda. A iniciativa irá atender, no primeiro momento, cerca 11 municípios e um total de 497 famílias. A escolha das cidades catarinenses que irão receber o programa teve como base o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). “Assim como Mato Grosso, temos como meta a erradicação da extrema pobreza no Estado até 2014. Para tanto, tivemos que atender as cidades com maior número de pessoas em situação de vulnerabilidade social”, afirmou Moser. Para a superintendente de Transferência de Renda da Setas-MT, Laurais Souza Grossi, a indicação do Panela Cheia como referência pelo MDS é bastante positivo para o Estado. “Creio que seja relevante a divulgação deste importante programa de Governo para outras unidades federativas, como forma de estimulá-las a criar projetos de complemento de renda para famílias extremamente pobres”, ressaltou a superintendente.

O Panela Cheia atende os municípios de Acorizal, Alto Paraguai, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Diamantino, Jangada, Nobres, Nortelândia, Nossa Senhora do Livramento, Nova Brasilândia, Nova Maringá, Planalto da Serra, Poconé, Rosário Oeste, Santo Antônio do Leverger, São José do Rio Claro e Várzea Grande.

Fonte: Setas-MT

Diamantino: carro avança e bate em moto no trevo do Bambu

Mais um acidente aconteceu no trevo do Bambu, entroncamento da Rodovia Senador Roberto Campos com avenida Miguel Abib, na tarde desta quarta-feira (10.10). 

O motorista do Gol, placa NPC 1679, de Diamantino, Adriano Calegaro, seguia pela avenida e, após esperar um caminhão passar, entrou na rodovia e não viu a motocicleta que seguia atrás do caminhão. 

O condutor da motocicleta, Honda Bros, placa NJA 1611, de Santo Anfoso, Juscelino Nunes de Lima, ainda conseguiu frear, mas mesmo assim atingiu a lateral do carro, que ficou bastante danificada. 

Juscelino foi encaminhado para o Pronto Atendimento de Diamantino com escoriações pelo corpo. Este foi o terceiro acidente no local entre sábado e quarta-feira. Uma pessoa morreu no domingo, após bater no meio fio e ser arremessado contra um poste.

Texto: Redação / O Divisor
Foto: Reprodução / TV Diamante

“O mercado de trabalho para o administrador está em expansão”, relata Álvaro Scolfaro na UNED

O último dia da X Semana do Administrador, que ocorreu na quarta-feira (10.10), promovida pela Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Diamantino (UNED) foi marcado pelos enfoques: reciclagem-sustentabilidade e a profissão do administrador.

A professora Ana Maria de Lima, da UNEMAT de Tangará da Serra, mostrou aos acadêmicos o trabalho que está sendo realizado naquele município pela Coopertan, em que um grupo de professores e alunos busca a partir do trabalho de pesquisa e extensão contribuir com o desenvolvimento da cooperativa de catadores.

“A pesquisa e a extensão estão presentes em todo processo, além da questão social e ambiental. Para o meio acadêmico acompanhar a experiência é de grande valia, em todos os aspectos, tanto profissional no desempenho das funções da administração, como na questão pessoal de humanidade e solidariedade”, afirmou.

O presidente do Conselho Regional de Administração (CRA-MT), Álvaro Scolfaro relatou que o mercado de trabalho para o administrador está em expansão, Scolfaro citou que com a Copa do Mundo de 2014 as empresas terão que fazer adequações. “O administrador precisará fazer um quadro de trabalho e organograma da empresa de forma que ela seja ágil, de baixo custo e com empregados qualificados”, citou.

Para o presidente do CRA-MT o profissional da área tem que buscar o registro para deixar de ser bacharel em Administração e se tornar um administrador.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Polícia encontra acampamento de quadrilha que assaltou banco em MT

Grupo roubou agência em Marcelândia, fez reféns e incendiou carros.
Policiais entraram na mata para tentar localizar os quatro assaltantes.

Um grupo de policiais militares que procura a quadrilha que assaltou uma agência bancária em Marcelândia, cidade a 712 quilômetros de Cuiabá, localizou o acampamento que os criminosos teriam parado para descansar no final da tarde desta quarta-feira (10). Os ladrões roubaram o banco na terça-feira (9), fizeram cinco reféns, incendiaram dois veículos e ainda tentaram explodir uma ponte da região.

O comandante regional da Polícia Militar, coronel Adriano Denardi, explicou que o local que serviu de acampamento estava em uma mata fechada, a cerca de 75 quilômetros de Marcelândia. “Encontramos restos de comida, energético, munições calibre 0.40, capuzes, coletes à prova de bala e uma faca”, disse Denardi.

Apesar da PM ter encontrado o acampamento, não havia ninguém no local, conforme afirmou o coronel. As buscas continuam nesta quinta-feira (11), com a participação de quase 40 policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e policiais militares de Peixoto de Azevedo, Santa Helena, Cláudia, União do Sul e Itaúba. Um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e um grupo da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Civil, também estão no local.


O assalto
Durante o assalto, um dos criminosos foi atingido por um policial militar que estava à paisana, mas, mesmo ferido, conseguiu fugir com o resto do grupo. Depois de aproximadamente quatro horas, os criminosos libertaram os reféns em uma estrada na zona rural do município. Na fuga, os suspeitos queimaram um ônibus escolar e uma caminhonete para tentar evitar a passagem da polícia. Em seguida, entraram na mata e no caminho deixaram uma mochila contendo alimentos, bebidas e medicamentos, que, segundo a polícia, seriam levados para o acampamento.



Fonte: G1 MT

Pedágio será cobrado em trecho da MT-130 a partir do dia 15

Tarifa cobrada será de R$ 6,50; empresa irá explorar o trecho por 28 anos

A partir de segunda-feira (15), quem for trafegar pela rodovia MT-130, no trecho de 122 km que liga Rondonópolis ao entroncamento da BR-070; em Primavera do Leste, deverá pagar pedágio.

A tarifa foi fixada em R$ 6,50 e será cobrada pela empresa vencedora em 2009 da licitação para exploração do trecho, a Morro da Mesa Concessionária.

A empresa é responsável, agora, pela administração, operação e manutenção do trecho por um período de 28 anos, sem aporte de recursos públicos estaduais.

Ao final desse prazo, o trecho voltará a ser explorado pelo Estado, sem a perda dos privilégios implantados pela concessionária.

Pela exploração do trecho, a Morro da Mesa também é responsável pela implantação da terceira faixa, acostamento, sinalização vertical e horizontal, praças de pedágio, serviços de socorro mecânico (guincho), atendimento médico de emergência e sistemas de controle de peso.

Além disso, é dever da concessionária manter a estrada com qualidade, mantendo-a livre de buracos e imperfeições.

Tudo isso deverá ser implementado dentro de um prazo máximo de três anos e a estimativa é que a empresa invista cerca de R$ 120 milhões na manutenção do local.

Desde a última semana de setembro, a empresa está informando e conscientizando os usuários da rodovia, com simulado com os arrecadadores, auxiliares de pista e controladores de arrecadação.

Essa não é a primeira rodovia estadual a cobrar pedágio no Estado, mas o molde da concessão para exploração da MT-130 é inédito pelo Estado e poderá ser usado em futuras licitações, de acordo com o secretário de Transporte e Pavimentação Urbana de Mato Grosso, Arnaldo Alves.

“A ideia é que ela sirva de plano piloto para futuras concessões”, disse.

Segundo o secretário, a proposta visa garantir a conservação da malha viária do Estado, bem como gerar segurança e qualidade de trafegabilidade aos usuários.

Fonte: Midia News

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Empresa vende diplomas falsos a R$ 410 na internet


Em site, promete documento é entregue em 5 dias; UFMT, Unic, Univag e Unemat são citadas


Conseguir um diploma de nível superior nunca foi tão fácil. Isso é que o garante a empresa Educacional Center, que, há uma semana, passou a oferecer diplomas de graduação de universidades federais e particulares de todo o país, desde que o interessado pague o preço estipulado. 

A denúncia foi feita pelo site do jornal O Globo, na manhã desta terça-feira (10)

Em seu site (http://educationalcenter.webs.com), a empresa garante a entrega do diploma “com total sigilo e segurança”. 

Os diplomas são comercializados por valores a partir de R$ 410, que podem ser divididos em até duas vezes. Ou seja, pagando o preço, todos podem se tornar médicos, engenheiros e jornalistas, por exemplo, em menos de uma semana.

O site possui a logomarca do MEC (Ministério da Educação) para dar mais veracidade à empresa, além de listar mais de 100 instituições públicas e privadas que seriam atendidas e apontadas como vinculadas à EAD Center.

Apenas em Mato Grosso, oito instituições são listadas, entre elas, a UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), a Unemat (Universidade do Estado de Mato Grosso), a Unic (universidade de Cuiabá), a Univag (Centro Universitário de Várzea Grande) e a Unirondon Centro Universitário.Na página, a empresa ainda garante a inclusão de histórico com notas e número de registro acadêmico. 



Apesar de não disponibilizar um telefone para contato, apenas um e-mail, o site recomenda o preenchimento de um formulário e envio de documentos para confecção do processo, iniciado após o pagamento da primeira parcela, que poderá ser feita via depósito bancário ou transferência online.

Serviço garantido


Em um trecho da página de perguntas frequentes, a empresa enaltece o fato de ser “a única a oferecer tal serviço com tamanha riqueza de detalhes, desde a solicitação até a entrega do diploma especificado”, até mesmo, contando com uma Central de Atendimento Telefônica para acompanhamento do processo.

No site, a empresa ainda garante que todos os diplomas são credenciados e licenciados pelo MEC (Ministério da Educação) e demais órgãos regionais de educação, afirmando que o documento é publicado no Diário Oficial.

“São diplomas emitidos por algumas instituições (públicas ou particulares) com a respectiva certificação de licença pela Secretaria Estadual de Educação, sendo assim licenciada pelo MEC para funcionamento. Consequentemente, o diploma e todo e qualquer documento emitido pela mesma será legal, sem nenhum risco”, afirma outro trecho do site.

A EAD Center afirma que, com os diplomas vendidos, os adquirentes podem, ainda, retirar sua carteira de registro profissional (como a OAB, para quem quer exercer a função de advogado). Mas, a empresa também orienta os clientes a comprarem os registros, caso possuam interesse. “Se desejar, poderá também estar verificando a possibilidade da compra dos registros nos conselhos de classe, que são necessários para o exercício da função”, diz outro trecho.

A empresa possui ainda um espaço com depoimentos de possíveis “clientes” que teriam ficado satisfeitos com o serviço prestado - Confira as imagens na galeria.

Outro lado


MidiaNews entrou em contato com as universidades citadas. As assessorias de imprensa da UFMT, Unemat e Univag irão se pronunciar sobre o caso ainda hoje. 

Na Unirondon, porém, ninguém atendeu aos telefonemas da reportagem.

Ao jornal O Globo, o Ministério da Educação negou ter vínculo com a empresa e informou que vai acionar o Ministério Público Federal e a Polícia Federal para investigar o caso.

A Unic informou, por meio de nota enviada pela assessoria, que não possui vínculos com a empresa e que desconhece a prática ilícita. 

A universidade vai acompanhar a investigação solicitada pelo MEC. 

Confira a íntegra da nota abaixo:


"A Universidade de Cuiabá (UNIC) informa que não possui nenhum vínculo com a EAD Center Diplomas e que desconhece essa prática ilícita supostamente exercitada pela empresa com instituições públicas e privadas em todo o Brasil. Sempre zelando pela transparência das ações, a UNIC esclarece que todos os atos praticados pela instituição estão de acordo com a regulamentação do ensino superior vigente no país e que acompanhará a investigação do caso solicitada pelo Ministério da Educação (MEC) ao Ministério Público Federal (MPF) e à Polícia Federal (PF) para tomar todas as providências legais cabíveis".
 



Fonte : MT Agora - Midía News

Fim de greve da Polícia Federal em MT pode ser definido hoje


Os próximos passos da greve realizada por agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal de Mato Grosso devem ser decididos hoje, em assembleia geral em Brasília, reunindo representantes dos sindicatos de todo o país. "Até o final da tarde devemos ter decidido o que vamos fazer, se a greve continuará ou se encerraremos", explicou, ao Só Notícias, Erlon José de Souza, presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Estado.
O movimento é nacional e já dura mais de 50 dias. Os policiais buscam, além da reestruturação da tabela salarial equiparando valores com cargos como auditor da Receita Federal e de oficial da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), também a reestruturação da carreira e novos concursos públicos.
A categoria, conforme Só Notícias informou, rejeitou o reajuste salarial proposto pelo governo de 15,8%, o mesmo percentual oferecido, e aceito, pela grande maioria dos servidores públicos federais. Mesmo após o fim de negociações com o governo, os policiais decidiram manter a mobilização.
Em meados de setembro, o ministro Herman Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), atendeu pedido de liminar da Advocacia-Geral da União (AGU) e determinou limites para a greve. Na decisão, ficou estipulado que policiais que atuam em portos e aeroportos e aqueles que atendem às demandas da Justiça Eleitoral deveriam manter 100% de suas atividades de plantão.
A liminar também determinou manutenção de 70% do efetivo nas atividades da Polícia Judiciária, de inteligência e em unidades de fronteira; 50% nas funções de Polícia Administrativa; e 30% nas tarefas residuais. Multa diária de R$ 100 mil à Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) também foi estipulada em caso de não cumprimento.
A Polícia Federal trabalha diretamente contra crimes de corrupção, nas fronteiras do país, crimes ambientais, contra previdência social, de colarinho branco, contrabando, tráfico de pessoas e pedofilia.
Fonte : Só Notícias

De Mato Grosso para o Pará: Polícia prende grupo com 80 KG de cocaína


Graças a denúncias anônimas, policiais militares da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), da região do Baixo Tocantins, cerca de 80 quilos de cocaína petrificada foram apreendidos na noite de anteontem na carroceria de uma Hilux de cor prata em frente a um hotel no bairro da Aldeia no município de Cametá, no nordeste paraense. A polícia acredita que a droga teria vindo da Colômbia por terra, pelo Mato Grosso e entrado pelo sul do Pará. O destino final, via balsa, seriam Belém e cidades próximas.
  
João Silvério Amaral Feliciano, 22 anos, seria o condutor do veículo desde o Mato-Grosso até Cametá. Morador do bairro do Jaderlândia, em Ananindeua, Aluísio Ramos de Oliveira, 42 anos, seria o responsável pela compra da droga e pela consequente distribuição do produto a ser vendido no varejo do submundo da Grande Belém. Além dele, a moradora do bairro da Terra Firme, Joyce Keila de Souza Malcher, 20 anos, seria a pessoa que fingiria ser namorada de João, para não chamar tanto a atenção na hora de serem transportados os entorpecentes.
 
Ao todo, o material apreendido seria vendido no atacado por cerca de R$ 630 mil. Depois de diluída a cocaína petrificada e misturada a outros produtos, o valor subiria três vezes até ser repassado ao consumidor final. Ou seja, o prejuízo para o tráfico com esta apreensão é estimado em quase R$ 2 milhões.
 
Durante a apresentação dos detidos à imprensa, João e Aluísio contribuíam dando detalhes como valor da droga a ser repassada e local e hora em que foram detidos. Mas não quiseram fazer nenhuma declaração oficial para contar a versão deles dos fatos.
 
“Na nossa avaliação eles são apenas o segundo escalão do tráfico. Para nós não é surpresa a quantidade de drogas apreendidas, mas nos é novo o fato de terem usado Cametá como rota. Deles, o único que declarou já ter sido preso foi Aluísio, e João declarou que fez essa rota pela primeira vez, mas isso nós ainda vamos investigar. Entretanto, pela audácia de trazer toda essa droga por chão, acreditamos que não é a primeira vez que agem dessa forma”, avaliou o delegado Ivanildo Santos, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, ligada a DRCO, aonde o trio foi apresentado na tarde de ontem. Dois mapas, um com as estradas do Pará e outra com as estradas do Mato Grosso, foram apreendidos também, juntamente com R$ 1.300,00, alguns celulares e a Hilux e um Honda Civic prata, do qual Aluísio declarou ser proprietário.
 

“Acredito que a Polícia Militar do regional do Baixo Tocantins estejam de parabéns pela ação, o que não me surpreende porque nós somo incansáveis no combate ao crime naquela região”, comemorou o tenente coronel Paulo Barata, comandante da 4ª CIPM. Segundo ele, a Polícia Militar foi acionada pela população, ao desconfiar que na Hilux estavam sendo transportadas drogas. A PM então montou campana, e ao ser confirmada a denúncia, detiveram os suspeitos e os encaminharam à DRCO.

Fonte : Diario do Pará

Preso em MT 2º suspeito de matar policial durante tentativa de assalto


Suspeito estava na agência quando investigador recebeu R$ 15 mil.
Policial foi seguido por suspeitos, reagiu à tentativa de assalto e foi morto.



O segundo suspeito de atuar no assassinato de um investigador da Polícia Civil de 48 anos durante uma tentativa de assalto nesta terça-feira (9), no pátio de uma transportadora de Rondonópolis, a 213 quilômetros de Cuiabá, foi preso pela Polícia Civil na madrugada desta quarta-feira (10). Segundo a polícia, o suspeito tem 18 anos e foi localizado na casa da namorada dele, no bairro Boa Esperança, em Cuiabá.
Em depoimento à polícia, o suspeito contou que estava dentro do banco e viu quando o funcionário da agência entregou o pacote de dinheiro com R$ 15 mil para o investigador. Em seguida já do lado de fora da agência, o suspeito ligou para dois comparsas e passou as características físicas e o veículo em que a vítima estava. Ele afirmou ainda que não sabia que a vítima era investigador da polícia.  
Ainda segundo a polícia, após o policial deixar a agência, ele foi seguido por uma motocicleta até as proximidades da transportadora localizada às margens da rodovia BR-364, onde foi abordado pelos assaltantes. Durante a tentativa de assalto, o policial reagiu e trocou tiros com os criminosos. Um deles foi atingido com um disparo na barriga. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional de Rondonópolis. De acordo com último boletim médico, o suspeito não corre risco de morte. Já o policial também foi baleado. O tiro atingiu o coração dele, que não resistiu e morreu no local.
A polícia confirmou ainda que o agente morto estava em horário de trabalho, mas que, ao mesmo tempo, prestava serviço para a empresa fazendo o transporte de R$ 15 mil. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) recolheu as armas encontradas próximas à vítima, uma pistola e um revólver calibre 38. Elas serão periciadas e poderão dar pistas do que realmente aconteceu. 
Os suspeitos têm passagens pela polícia. Um deles informou ainda que o trio já havia cometido outros três assaltos na modalidade 'saidinha de banco'. A polícia ainda está à procura do terceiro envolvido no crime que ainda está foragido.
Fonte : G1 MT

PMs acham ossada humana em mata ao procurar ladrões de banco em MT


Segundo a polícia, havia uma motocicleta perto da ossada. 
Polícia Civil deve investigar o caso.


Policiais encontraram uma ossada humana em uma área de mata durante as buscas pelos quatro suspeitos de assaltar uma agência bancária em Marcelândia, a 712 quilômetros de Cuiabá, nesta terça-feira (9). De acordo com a Polícia Militar, havia uma motocicleta perto da ossada e ainda não foi identificado de quem era os restos mortais.

O major da PM, Gildásio Alves da Silva, informou que a ossada não tem nenhuma ligação com o assalto. "É um crime ocorrido anteriormente que não está relacionado a esse assalto em Marcelândia", afirmou. Segundo ele, a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi ao local para remover a ossada e encaminhá-la ao Instituto Médico Legal (IML) para análise. Agora, o caso deve ser investigado pela Polícia Civil.
A polícia procura os criminosos que assaltaram a agência bancária que fica no Centro de Marcelândia. Os ladrões fizeram cinco reféns, sendo um funcionário do banco, o gerente da unidade e três clientes. No momento do roubo, um dos suspeitos levou um tiro no pé disparado por um policial que não estava a serviço. Os reféns foram libertados cerca de 4 horas depois em uma estrada na zona rural do município.
Fonte: G1 MT

Frigoríficos suspendem abates em MT e prejuízos chegam a R$ 30 milhões


Suspensão em abates decorre da falta de animais para atender indústria.
Cenário é reflexo da paralisação dos serviços do Indea em Mato Grosso.



Frigoríficos de Mato Grosso - estado que concentra o maior rebanho bovino do país - já sentem os impactos provocados pela paralisação dos servidores do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea), deflagrada na segunda-feira (8). A maior parte das 40 plantas em funcionamento começa a paralisar os abates porque não há animais suficientes. Prejuízo que diariamente pode superar R$ 30 milhões afirma o presidente do Sindifrigo, Luis Antônio de Freitas.
Estima-se, segundo o segmento, que pelo menos 16 mil bovinos deixem de ser abatidos por dia nas unidades frigoríficas do estado. A operação não ocorre porque sem a emissão da Guia de Transporte Animal (GTA) não há como destinar o gado das propriedades até as empresas. "A grande maioria das empresas já não consegue embarcar os bois e a partir desta quarta-feira o abate fica comprometido. De amanhã está totalmente comprometido. Não há saída pois sem a GTA não existe a possibilidade de abater. É um grande prejuízo", disse Luis Freitas.
Com a interrupção no abate de animais o fornecimento de carne aos mercados interno e externo também será comprometido, lembra Freitas. "O setor paga um preço muito caro", disse o representante.
Presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário e Pecuário do Estado de Mato Grosso (Sintap), Diany Dias lembra que a categoria cobra mais condições de trabalho e não uma revisão salarial.
"Só estamos atendendo feiras agropecuárias, leilões, as vaqueijadas e as cavalgadas que já foram programadas. A emissão de GTA só acontece nesses casos", ponderou a presidente do sindicato. A interrupção inicialmente programada para quatro dias pode ser prolongada caso as negociações com o governo não avancem.
O Indea é a autarquia responsável pelas ações de defesa sanitária nas áreas animal e vegetal. Conforme o Sintap, 666 servidores atuam no Instituto de Defesa Agropecuária em Mato Grosso, mas até o final do ano o número deve cair para 532 em função das aposentadorias, como estima o sindicato. Ao todo, 138 municípios são atendidos por meio de bases ou unidades instaladas em diferentes municípios do estado.
A paralisação atinge as unidades locais executivas, unidades regionais de surpevisão, central do Indea e laboratórios do Instituto. "Não temos sequer água nas unidades e estamos jogados às traças. Infelizmente vamos atingir a população, mas sentimos na pele a falta de estrutura de investimento e a ausência de recursos humanos", citou Diany.
A Secretaria de Estado de Administração (SAD) informou, por meio da assessoria de imprensa, que o governo mantém o diálogo com os servidores e se comprometeu a solucionar o impasse. Conforme a secretaria, o estado contatou empresas fornecedoras para que reestabeleçam o fornecimento de materiais [de expediente] às unidades do Indea, além do pagamento das diárias atrasadas.

Entidades
As entidades vinculadas ao setor produtivo manifestaram-se favoráveis às cobranças por mais estrutura aos servidores do Indea. Ao Sintap, a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) solicitou a manutenção dos serviços essenciais, como a emissão da Guia de Transporte de Animais, que normatiza o embarque e desembarque de bovinos.
"A ausência destes serviços ou o desempenho destas funções de forma precária podem comprometer a segurança sanitária de Mato Grosso", alertou o diretor de Relações Institucionais da Famato, Rogério Romanini.
Já a Associação dos Criadores de Mato Grosso informou, em nota, não ter sido oficialmente comunicada sobre a greve dos trabalhadores do setor agropecuário e a paralisação nos abates.
"A Acrimat espera que haja entendimento entre as partes antes que prejuízos sejam causados ao setor e aos consumidores com o desabastecimento de produtos e elevação de preços", manifestou a associação que congrega os pecuaristas mato-grossenses.

Abates
Em oito meses, Mato Grosso abateu 3,6 milhões de animais, volume 14% acima frente ao mesmo período de 2011, apontou um balanço do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Somente em agosto houve queda de 6% no ritmo frente ao mês anterior e de 2% em comparação ao mesmo mês do ano passado.
Fonte: G1 MT

PRF reforça fiscalização durante feriado nas estradas de Mato Grosso


Operação Nossa Senhora Aparecida começa nesta quinta-feira em MT.
Haverá restrição de tráfego por algumas horas para alguns tipos de veículo.



A Polícia Rodoviária Federal inicia a partir desta quinta-feira (11) a Operação Nossa Senhora Aparecida, que visa reduzir o número dos acidentes nas rodovias federais que cortam Mato Grosso. A operação está prevista para começar a 0h desta quinta-feira e segue até domingo .
Com o reforço do policiamento nas cinco BRs do estado, os policiais vão intensificar as barreiras e inibir infrações como o excesso de velocidade e embriaguez ao volante. Para isso, as equipes contarão com o suporte de viaturas operacionais, bafômetros e radares móveis de velocidade.
Restrição de Trânsito

Para aumentar a fluidez do trânsito nas rodovias  e diminuir os riscos de acidentes graves, o tráfego de veículos como caminhões bitrem, com dimensões excedentes e caminhões cegonha será restrito durante o feriado.

Conforme a PRF, durante a operação, esses veículos estarão proibidos de transitar na quarta-feira das 16h às 22h, na sexta-feira das 6h às 12h e no domingo das 16h às 24h. A restrição é válida até mesmo pelos veículos que possuem Autorização Especial de Trânsito (AET).

O motorista que descumprir a determinação será multado pela PRF. A infração é média e será punida com multa de R$ 85,13 e perda de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Além disso, o condutor será obrigado a permanecer com o veículo estacionado até o final do horário da restrição.
Fonte: G1 MT

Motociclista morre após atropelar vaca em rodovia de Mato Grosso


Jovem de 21 anos caiu da motocicleta e morreu no local.
Acidente ocorreu na BR-070 próximo a Cáceres.


Um motociclista de 21 anos morreu após atropelar uma vaca na BR-070, próximo ao município de Cáceres, distante 250 quilômetros de Cuiabá. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu na noite de segunda-feira (8). O animal também morreu após a colisão.


De acordo com a PRF, a vítima, um soldado do exército, foi surpreendido com o animal tentando atravessar a pista. Como ele não conseguiu desviar, acabou atropelando-o. Devido o impacto, o jovem caiu da motocicleta, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente.



Fonte: G1 MT

Responsabilidade sócio empresarial faz parte do planejamento estratégico; afirma professora na UNED

Nídia M. Guerra Gomes: “Não existe pensamento em estratégia sem levar em consideração a responsabilidade sócio empresarial”.
A responsabilidade sócio empresarial e os indicadores para demonstrar o trabalho social desenvolvido nas empresas foram abordados na palestra com a professora Nídia M. Guerra Gomes, na X Semana do Administrador, na Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Diamantino (UNED).
 
“O administrador na hora que vai traçar o planejamento estratégico já tem que pensar na responsabilidade sócio empresarial. Não existe pensamento em estratégia sem levar em consideração esse conceito”, observou.
 
A palestrante defendeu a formação acadêmica do administrador, ressaltando que o ensino superior dá base para trabalhar todas as ferramentas necessárias para fazer gestão. “A graduação trabalha o conhecimento necessário e o que mais falta hoje nas empresas é a gestão”, complementou.
A palestra mostrou ações para minimizar as externalidades negativas, despontando que os efeitos contrários são preocupações presentes nos planejamentos da administração.
 
O coordenador Tabajara Garcia, das empresas Reciclamax e Maxvinil, mostrou exemplos práticos das ações sustentáveis, citou o exemplo do óleo de cozinha já utilizado que pode ser reciclado e transformado em matéria prima para fabricação de esmalte sintético e tinta óleo; a borra é incorporada ao cimento na fabricação de tijolos de construção.
 
O gerente da C-Vale, Francisco Alves Pereira relatou os projetos sociais implantados pela empresa, tanto internamente com os colaboradores, quanto externamente com os familiares dos associados e a comunidade, ideias partindo da matriz no Paraná e chegando às unidades em quatro Estados do país.
 
“O administrador tem que ter conhecimento amplo, saber de tudo um pouco e se especializar naquilo que é mais importante que é gestão de pessoas. Temos que ser gestores de pessoas, não há administrador, não há líder, se não saber administrar pessoas”, finalizou.
 
- Participação
 
Os acadêmicos de outros cursos participaram do ciclo de palestras, acompanhados da coordenadora adjunta Karina Nonato, discentes de Enfermagem marcaram presença.
 
Fonte: Assessoria

Caldo de Piranha

Mudança de canal

A TV Diamante deverá nos próximos dias mudar de Canal, atualmente utilizando o Canal 8 e retransmitindo o SBT, será outra bandeira em outro Canal. A programação local não sofrerá, a principio, interferência e manterá a mesma grade.

Eleição na Câmara 

Nem esfriou os ânimos e os vereadores eleitos já começaram ser assediados para apoiar candidatos para presidente da Câmara... nomes de vereadores reeleitos. Aos poucos daremos mais detalhes sobre o que está acontecendo no meio político e nos bastidores.

“Questões éticas e jurídicas na prática da saúde” será tema de palestra em Diamantino

Na quinta-feira (11.10) haverá na Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Diamantino (UNED) a palestra com o tema: "Questões éticas e jurídicas na prática da saúde".

O painel será no auditório da faculdade, a partir das 19h, será focado aos acadêmicos do curso de Enfermagem e aos alunos do curso técnico de gerência em saúde da SECITEC. 

“Vivemos em um mundo moderno o qual exige do ser humano rapidez, produtividade, praticidade, eficiência e qualidade nas suas ações; para equilibrar tudo isso se faz necessário limites e o bom senso. O que nos proporciona esse equilíbrio é a ética por meio das diversas formas de nos relacionarmos, de vivermos e de nos comportarmos enquanto profissionais da área da saúde”, mencionou a coordenadora adjunta do curso de Enfermagem, Karina Nonato Mocheuti. 

Os palestrantes serão os advogados Gildo Capeletto e Thiago Silvestre Barreto Penteado. 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Aeroporto de Diamantino receberá investimento do Governo para melhorar a infraestrutura; são mais de R$ 37 milhões em todo Estado


Com objetivo de impulsionar o turismo em várias regiões de Mato Grosso, o Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur-MT) vai investir mais de 37 milhões para melhorar a infraestrutura dos aeroportos/aeródromos nos municípios de Diamantino, Juína, Rondonópolis, Pontes de Lacerda, Nova Mutum, Juara, São Feliz do Araguaia, Tangará da Serra, Cáceres, Barra do Garças e Alta Floresta. 

Os recursos, que serão investidos nestas obras, fazem parte do montante viabilizado pelo Governo do Estado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES). “O Governo do Estado acessou uma linha de financiamento no BNDES no valor de R$ 250 milhões para serem investidos na infraestrutura turística. Ficamos um ano e meio trabalhando para liberar os recursos. Agora, chegou o momento de colocarmos em prática importantes projetos que vão contribuir para desenvolver o turismo em várias regiões do Estado e preparar os nossos atrativos para os turistas que vão visitar Mato Grosso na Copa o Mundo de 2014”, destacou a secretária de Turismo, Teté Bezerra. 

As obras previstas para os 11 aeroportos são de sinalização luminosa, ampliação da pista de pouso, estação de passageiros, pavimentação e recapeamento da pista, pátio para aeronave, acesso ao aeroporto, entre outras. De acordo com a secretária, as obras dos aeroportos de Rondonópolis, Tangará da Serra, Barra do Garças e Juara já estão prontas para serem licitadas. As demais, os projetos estão em fase de conclusão. 

A secretária informou ainda que a Secretaria de Aviação Civil (SAC) apresentou ao Grupo Executivo da 
Copa (Gecopa) a lista dos aeroportos alternativos que poderão ser usados durante a realização da Copa de 2014. O planejamento foi realizado em conjunto com o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), do Comando da Aeronáutica do Ministério da Defesa. "Ficou definido que os aeroportos destinos em Mato Grosso são o de Várzea Grande/Cuiabá e de Rondonópolis. Já o aeroporto que poderá ser utilizado de alternativa na Copa é o de Barra do Garças. O aeroporto alternativo é uma exigência da Fifa e será usado no caso de alguma condição meteorológica adversa ou por motivos de gerenciamento de locais para o estacionamento de aeronaves”, explicou Teté Bezerra. 

Para a aviação regular, os critérios de seleção de aeródromos públicos levaram em consideração atributos como: distância com raio de até 250 quilômetros da cidade sede dos jogos, a existência de um terminal de passageiros e de uma pista de pouso com mais de 1.500 metros. No caso da aviação geral, foram selecionados aeródromos, públicos ou não, com raio de até 500 quilômetros de distância das cidades sedes. Além disso, foram observados ainda critérios como pista com mais de 1.300 metros e com resistência superior a PCN 7 (classificação de resistência do pavimento da pista). 

A lista apresentada ao Gecopa também é segmentada em aeródromos de destino e aeródromos alternativos, já prevendo um direcionamento de acordo com as características do voo: internacional, doméstico, aviação geral ou VIP (autoridades, delegações ou chefes de Estado). A secretária Teté Bezerra lembrou ainda que até 2014 serão investidos R$ 330 milhões na infraestrutura turística. São obras, segundo a secretária, fundamentais para o turismo, como por exemplo, a revitalização da Salgadeira, investimentos em Nobres e no Pantanal. 

Fonte: Secom-MT

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Motorista fica preso às ferragens após carreta tombar na BR-364 em Diamantino

Carreta estava carregada com 60 mil litros de gordura animal, que se espalhou pela pista. Trânsito precisou ser interrompido e engarrafamento chegou a 5 km no sentido Cuiabá. 


Um grave acidente aconteceu na noite desta terça-feira (09/10) na BR-364, próximo a Diamantino. Uma carreta bitrem carregada com aproximadamente 60 mil litros de gordura animal (sebo), seguia sentido Diamantino-Cuiabá, quando perdeu o controle, tombou na pista e deslizou mais de 100 metros, indo parar no acostamento. O caminhão tinha acabado de sair do frigorífico JBS, de acordo com informações a carga seria entregue em uma usina de biodiesel em Lins (SP). O motorista Nilton Laurindo, ficou preso nas ferragens. 

Uma viatura do Resgate, do Corpo de Bombeiros de Nova Mutum foi acionada para atender a ocorrência. O salvamento do motorista durou aproximadamente uma hora e meia e foi preciso do auxilio de um caminhão muque para levantar a cabine, uma vez que o resgate estava muito complicado. A cabine ficou totalmente destruída. 

A maior preocupação do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal era com o estado de saúde do motorista, mas de acordo com o cabo Vitor, do Corpo de Bombeiros, o motorista passa bem. “Foi um resgate difícil. As pessoas que chegaram primeiro tentaram o tempo todo manter a vítima acordada. O estado de consciência dele é bom, não apresenta ferimentos graves, somente suspeitas de fraturas”. Nilton foi encaminhado para o Pronto Atendimento de Diamantino. 

Após a retirada do motorista das ferragens a PRF e o Corpo de Bombeiros se concentraram na limpeza da pista, que ficou suja de gordura, tornando o tráfego de veículos perigoso. Os bombeiros militares realizaram a lavagem da pista. Alguns representantes da empresa JBS, dona do caminhão e responsável pelo transporte, estavam tentando providenciar serragem e areia para tirar todo o óleo que ainda estava no asfalto. 

Uma pá mecânica foi chamada no local para abrir valas para escoar o líquido que ainda estava na beira da pista. O caminhão só deverá ser retirado do local no final da manhã desta quarta-feira (10/10). A PRF pede atenção redobrada e que os motoristas dirijam em baixa velocidade pelo local. As suspeitas da PRF é de que a carreta estava em alta velocidade.

Por causa do acidente, um grande engarrafamento se formou na BR-364. No sentido Cuiabá, chegou a aproximadamente 5 km e no sentido Diamantino 3km.

Esse foi o segundo acidente registrado na rodovia próximo a Diamantino em três dias. No sábado (06/10), uma carreta bitrem carregada de algodão também tombou e colidiu com uma outra que seguia no sentido oposto. A carga se espalhou pela pista e pegou fogo. 


Texto: Redação / O Divisor
Fotos: Reprodução / TV Diamante

Diamantino participa com 85 atletas dos Jogos Regionais Estudantis em Tangará da Serra


As equipes de vôlei feminino, basquete masculino, handebol masculino, futsal masculino e futebol masculino, totalizando 85 atletas, estão em Tangará da Serra na 31ª edição dos Jogos Regionais Estudantis Mato-grossenses (Jorem's) que ocorre até segunda-feira (15.10).

O time diamantinense bi-campeão de basquete é o favorito na modalidade, segundo o técnico Marcos Pereira os principais adversários serão Rosário Oeste, Nobres e Tangará da Serra.

Esta etapa dos jogos conta com a participação dos municípios de Alto Paraguai, Barra dos Bugres, Denise, Jangada, Alto Paraguai, Nobres, Nortelândia, Nova Olímpia, São José do Rio Claro, Arenápolis, Diamantino, Rosário Oeste e a cidade anfitriã Tangará da Serra.

Os vencedores garantem vaga para a fase estadual que será realizada em Canarana, de 25 e 31 de outubro.

“Descobrimos talentos nessas competições”, declarou o coordenador de Esportes de Diamantino, Gerson Vidal.

Para o coordenador geral dos jogos em Tangará da Serra, Fabio Valério Laurito, os campeonatos regionais promovem o fomento esportivo. “Eventos como esse movimentam toda cidade com a chegada dos estudantes e é uma honra para Tangará receber os Jogos Regionais Estudantis”, ressaltou.

Fonte: Redação – O Divisor

Delegado divulga foto do suspeito de matar cabeleireira em Diamantino

Alex Fagner está sendo procurado, ele é apontado como o autor do assassinato da cabeleireira Paulina Gonçalves 

O delegado da Polícia Civil, Marcelo Graciano divulgou na manhã desta terça-feira (09.10) a foto do suspeito em assassinar a cabeleireira Paulina Gonçalves, no dia 25 de agosto, segundo investigação policial o autor da execução é Alex Fagner Fagundes Henrique, 24 anos.

De acordo com o delegado; o mesmo já teve passagens pela polícia por pequenos furtos.

A cabeleireira Paulina Gonçalves, 42, foi assassinada em seu salão de beleza na rua 13, localidade do Bom Jesus, Novo Diamantino. Paulina pintava as unhas de uma cliente no momento que Alex Fagner pediu para cortar o cabelo, a vítima pediu para ele aguardar.

O assassino saiu e logo em seguida voltou anunciando assalto, quando disparou cerca de quatro tiros, dois acertaram a cabeça da vítima que não teve tempo de esboçar reação.

A cliente de Paulina deitou no banco e se retorceu, fingindo ter sido atingida, o assassino saiu a pé caminhando pelo bairro Bom Jesus.

O delegado pede para as pessoas que tiverem informações sobre o paradeiro de Alex Fagner Fagundes Henrique que entrem em contato com a Polícia Civil pelo telefone 197 ou com a Polícia Militar pelo 190.

Fonte: Redação – O Divisor

Saiba a quantidade de votos dos candidatos a vereadores em Diamantino

BODÃO
45510
PSDB

669
5,74%

GISA
40336
PSB
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
643
5,52%

NATALINO
33555
PMN
PDT / PMN
558
4,79%

DR MANOEL
11233
PP
PP / PSD
557
4,78%

CARLINHOS GAINO
55123
PSD
PP / PSD
538
4,62%

SANDRO COELHO
15115
PMDB
DEM / PMDB / PC do B
511
4,39%

STOL
55000
PSD
PP / PSD
444
3,81%

EDILSON SAMPAIO
12123
PDT
PDT / PMN
371
3,19%

GIRIPOCA
12789
PDT
PDT / PMN
348
2,99%

MARCIO MENDES
23456
PPS
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
299
2,57%

BUIÚ DO MOTO TAXI
33789
PMN
PDT / PMN
292
2,51%

VALDERI
19000
PTN
PRB / PTN
276
2,37%

EDIVIRGE
20123
PSC
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
271
2,33%

JABUTI
33111
PMN
PDT / PMN
258
2,21%

EVERTON RODRIGUES
19123
PTN
PRB / PTN
242
2,08%

JOÃO PEDRO
45789
PSDB

219
1,88%

ZE BARBUDO
22345
PR
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
217
1,86%

ERNANI
20040
PSC
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
216
1,85%

GALEGO
55321
PSD
PP / PSD
216
1,85%

CARLOS GORDO
55432
PSD
PP / PSD
207
1,78%

TIÃO DA GUIMATRA
22123
PR
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
199
1,71%

MARCOS GATTI
22222
PR
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
189
1,62%

JOAO DO TAXI
25678
DEM
DEM / PMDB / PC do B
184
1,58%

HILARIO MACHADO
45100
PSDB

180
1,55%

MAESTRO WIRAN
12333
PDT
PDT / PMN
177
1,52%

CATUNDA
12012
PDT
PDT / PMN
176
1,51%

ADONIAS PAIZÃO
12345
PDT
PDT / PMN
172
1,48%

MADALENA PACHECO
12456
PDT
PDT / PMN
146
1,25%

CABO LOUZENIL
19190
PTN
PRB / PTN
136
1,17%

ROBERTO CESAR
12000
PDT
PDT / PMN
135
1,16%

MARINETE VATTOS
22007
PR
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
134
1,15%

ALEXANDER FRANGÃO
45369
PSDB

126
1,08%

PASTOR VALTER
45123
PSDB

102
0,88%

JUNIOR ROSA
55222
PSD
PP / PSD
94
0,81%

ANTONIA
15015
PMDB
DEM / PMDB / PC do B
89
0,76%

NILSON
15000
PMDB
DEM / PMDB / PC do B
86
0,74%

JOÃO PAMPEIRO
10123
PRB
PRB / PTN
85
0,73%

MALDANER
15613
PMDB
DEM / PMDB / PC do B
79
0,68%

PRETO
33222
PMN
PDT / PMN
74
0,64%

ARMANDO
15333
PMDB
DEM / PMDB / PC do B
70
0,60%

PEDRÃO
19222
PTN
PRB / PTN
70
0,60%

IRENE COCCO
25456
DEM
DEM / PMDB / PC do B
67
0,58%

JOÃO GUERRERO
10555
PRB
PRB / PTN
67
0,58%

NILO
55678
PSD
PP / PSD
58
0,50%

EDENIR
45678
PSDB

56
0,48%

FREDERICO
20013
PSC
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
48
0,41%

JOÃO SERROU
45021
PSDB

48
0,41%

MAURA
33999
PMN
PDT / PMN
48
0,41%

MARCOS VINICIUS
10000
PRB
PRB / PTN
44
0,38%

ROSE DA CONSTARD
19113
PTN
PRB / PTN
44
0,38%

ISMAEL SANTOS
20789
PSC
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
43
0,37%

MARCIA
33210
PMN
PDT / PMN
35
0,30%

ELITON BARROS
20012
PSC
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
31
0,27%

DORA
45456
PSDB

29
0,25%

LOBÃO
33123
PMN
PDT / PMN
27
0,23%

LUIZ DA RETIFIFICA
23123
PPS
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
27
0,23%

CAMILA OBADOWSKI
45012
PSDB

25
0,21%

FATIMA
33840
PMN
PDT / PMN
23
0,20%

JUNIA
45045
PSDB

23
0,20%

DIANY MOREIRA
19100
PTN
PRB / PTN
22
0,19%

PATRICIA
17000
PSL
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
21
0,18%

AMOREZIO
65251
PC DO B
DEM / PMDB / PC do B
14
0,12%

ADEMIR MATTEI
40334
PSB
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
7
0,06%

ANA RITA
19119
PTN
PRB / PTN
0
0,00%

ANELIEZE
10119
PRB
PRB / PTN
0
0,00%

ANTONIO VASCONCELLOS
40123
PSB
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
0
0,00%

DANIELA
17123
PSL
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
0
0,00%

LUZIA
20456
PSC
PSL / PSC / PR / PPS / PSB
0
0,00%

MAGALI
12999
PDT
PDT / PMN
0
0,00%

MARIA GLORIA
11000
PP
PP / PSD
0
0,00%

NEUZA
11567
PP
PP / PSD
0
0,00%

SULA
11111
PP
PP / PSD
0
0,00%